Conheça o eSim, o novo cartão SIM

O chip comum de celular já passou por muitas transformações até ser da maneira como conhecemos. Foram vários tamanhos até esse que a maioria dos aparelhos usa. O SIM é o cartão responsável pela comunicação entre a operadora e o celular, por isso, é fundamental no funcionamento dos smartphones. Mas nos últimos anos, surgiu o chip ESim Tim, um novo tipo de chip que já está sendo usado em vários modelos.

eSim
  
Por conta disso, também apareceram muitas dúvidas. Afinal, esse chip não pode ser trocado. Isso significa que você precisa ficar com a mesma operadora para sempre? A resposta vamos mostrar a seguir. Assim como as de outras questões comuns. Continue lendo e confira!

O que é o eSIM?


O eSim é uma sigla em inglês para “Embed Subscriber Identity Module”, ou “módulo embutido de identidade do assinante” em português. Isso significa que esse é um SIM embutido no próprio celular, soldado diretamente na placa-mãe do aparelho.

Como os outros tipos de chip, o eSIM permite a comunicação entre diferentes dispositivos e armazena dados da agenda, do plano de celular e preferências do usuário. Mas, por estar embutido no aparelho, tem menos chances de apresentar falhas.

Além disso, o eSIM conta com a tecnologia remote provisioning, que permite ao usuário cadastrar outra operadora sem perder as informações do chip. Dessa forma, você não precisa ficar com a mesma operadora durante todo o tempo em que estiver com o celular. Então é possível, sim, fazer a troca de forma simples. 

Quais são as vantagens do eSIM?


A ideia é que o eSIM facilite a portabilidade entre diferentes operadoras. Pois o usuário não precisaria ir até uma loja física ou esperar seu novo chip pelo correio.

Além disso, fica mais fácil contratar planos de internet e telefone durante uma viagem, já que você não precisa comprar um novo SIM físico, apenas contratar pelo próprio aparelho um plano que se adeque às suas necessidades.

Da mesma forma, o eSIM tem uma proposta que pretende garantir mais segurança e evitar invasões. Com essa tecnologia, cada aparelho tem um link criptografado próprio, chamado de MNO (Mobile Network Operation) que protege o celular contra adulterações ou hackers.

Esse novo modelo de SIM também possui chaves exclusivas, que são consultadas em um servidor externo sempre que uma troca de perfil é solicitada. Assim, fica mais difícil repassar smartphones roubados e aplicar golpes. Com a nova tecnologia, o bloqueio pela operadora é muito mais eficaz e o aparelho fica inutilizável quando for roubado ou perdido.

Por todos esses motivos, o eSIM tem se mostrado uma opção bem mais eficiente, segura e prática, tanto para as empresas de telefonia quanto para os usuários.

Contudo, também existem algumas desvantagens, como o trabalho extra na hora de trocar de aparelho e transferir seu eSIM, além da dor de cabeça quando seu aparelho fica sem bateria e você não puder colocar seu chip em outro celular. 

Como é feita a migração para o eSIM?


Para utilizar o eSIM, você precisa adquirir o seu eChip, que deve vir acompanhado de um QR Code para download de um perfil de acesso à rede da operadora. Depois, vai seguir os passos indicados por esse perfil para ativar seu perfil de usuário exclusivo.

É importante ressaltar, inclusive, que essa migração exclui a sua conta convencional. Por isso, não é possível usar o mesmo chip em outro aparelho depois. 

Como faço para utilizar o eSIM?


Apesar de todas as vantagens, o eSIM ainda não está sendo amplamente utilizado no Brasil. Por aqui, poucas operadoras disponibilizam o serviço compatível com o eSIM. Apenas a Claro já tem suporte integral para o novo sistema. 

Além disso, poucos aparelhos têm sido lançados por aqui já com a tecnologia necessária. Alguns deles são os smartphones da Apple, iPhones XS, XS Max e XR. Mas, por conta dos problemas de integração, boa parte dos usuários desses aparelhos ainda têm que utilizar chips comuns.

A Samsung também anunciou que vai fazer a migração e as demais fabricantes devem seguir a tendência. Por isso, é só uma questão de tempo até que o eSIM chegue ao Brasil. Você já está ansioso para experimentar a tecnologia? Conte para a gente nos comentários o que achou do novo modelo!