Confira 4 livros para aumentar a produtividade

Como aumentar a produtividade é uma das principais buscas dos profissionais nesse século XXI. Todos nós desejamos fazer o nosso trabalho no menor tempo possível.

Por mais que existam técnicas interessantes, a tal fórmula mágica ainda é o sonho. O que é possível fazer, e os livros sobre como aumentar a produtividade apontam, é otimizar a maneira de executar as tarefas do dia a dia.

Nesse artigo, separamos 4 livros escritos sobre especialistas no tema. Neles, os autores se debruçam sobre o tema da produtividade.

A ideia dessa lista é mostrar títulos que sejam fáceis de ler, tenha embasamento técnico e mostram exemplos que podem ser aplicados por qualquer pessoa

Vamos a lista:

1 – A arte de fazer acontecer

O bom desse livro é que ele vai direto ao ponto. David Allen destaca que um dos fatores mais importantes para aumentar a produtividade é esquecer as listas de coisas a fazer.

O ideal é transformá-las em uma lista de coisas feitas. Isso tem um motivo. É muito mais fácil para qualquer pessoa perder o foco apenas quando cria uma lista de coisas a serem feitas. Por outro lado, essas listas se tornam cada vez maiores, mas nada é realizado.

Quando um profissional começa a anotar o que ele já fez, isso o motiva a continuar a produzir cada vez mais. No livro, David mostra ótimos exemplos, como o de pessoas que trabalham com e-commerce, e destaca como uma pessoa deve fazer para acompanhar o próprio progresso.

Ele apresenta ainda o seu esquema de produtividade livre de stress. Nele, uma pessoa consegue fazer uma quantidade enorme de tarefas e ainda produzir bastante.

As artes de fazer acontecer são:

·         Foco na solução dos problemas.

·         Especifique o que você pode fazer em cada tarefa.

·         Organize as suas tarefas por ordem de prioridade. Uma delas pode se chamar “próximas ações”, outra você pode chamá-la de “esperando respostas para a próxima fase”

·         Faça uma revisão do seu cronograma. Assim, você pode avaliar o que dá certo e o que atrapalha a sua produtividade.

·         Sempre fique de olho nas tarefas, e veja em qual delas você pode realizar alguma ação.

2 – A única coisa

A ideia central do livro pode ser destacada em uma das frases dos autores:

“Não é que tenhamos muito pouco tempo para fazer todas as coisas que precisamos fazer, é que sentimos a necessidade de fazer muitas coisas no tempo que temos. ”

O livro destaca os benefícios de produzir uma coisa de cada vez. Por outro lado, ele rejeita a ideia de que todos possam ser multitarefas. Para eles, isso pode ser até mesmo uma cilada. A pessoa tenta resolver muitas coisas, mas acaba não produzindo nada.

Na opinião dos autores, um dos pilares para aumentar a produtividade é se dedicar a uma única coisa. A ideia é se concentrar nas tarefas mais complicadas. Com isso, todo o resto será mais fácil. Eles também indicam se dedicar “a única coisa que você pode fazer agora”.

Portanto, nesse livro, eles destacam que se concentrar em uma grande quantidade de tarefas ao mesmo tempo vai gerar ainda mais improdutividade.

3 – O poder do hábito

O poder do hábito é um dos livros mais populares no Brasil e no mundo sobre produtividade. O autor prefere passear por esse tema por meio de histórias saborosas e que vão sendo retomadas ao longo da obra.

No livro, o autor destaca como é possível abandonar antigos hábitos e criar novos.

Baseado na ciência, ele conta como os hábitos funcionam no dia a dia. O autor aproveita também para descrever alguns casos reais. Segundo ele, toda organização ou pessoa tem sua trajetória impactada pelo hábito.

Esses hábitos são criados a partir de um ciclo de sugestões, rotinas e recompensas. Para ele, a maneira mais simples de mudar um hábito é alterar a rotina, mas mantendo a mesma recompensa.

Mesmo assim, essas alterações de hábito são complicadas. Portanto, é preciso ter força de vontade. Afinal, alguns hábitos são mais presentes do que outros. Independentemente disso, mudar é preciso.

E o início pode ser a partir de atitudes pequenas. No livro, segundo uma pesquisa, arrumar a cama aumenta a produtividade geral do dia e ainda eleva o bem-estar.

4 – Trabalho Focado

“Se você não produzir, não prosperará – não importa o quão habilidoso e talentoso você seja. ” 

O livro já abre com essa frase muito forte. Para o autor, ser mais produtivo significa ter foco no trabalho e obter alguma recompensa com isso.

Como ele destaca, a mente humana é programada para se distrair. Além disso, no cenário de hoje, com as redes sociais e aplicativos de mensagens, é natural que as pessoas fiquem ainda mais desatentas. 

Nesse contexto, ele cita a diferença entre trabalho superficial e trabalho profundo. Este último, é um trabalho de alto valor, e executado sem distrações. Por outro lado, esse tipo de desempenho necessita de prática e esforço.

Segundo ele, qualquer pessoa pode atingir esse nível de excelência e aumentar a produtividade. Além disso, hoje temos diversas ferramentas digitais, como o CRM, que podem ajudar ainda mais os profissionais que desejam realizar um trabalho mais focado.

Confira 4 livros para aumentar a produtividade