Descubra alguns dos alimentos que tem o efeito de reduzir o sono

A alimentação possui uma forte influência sobre diversos aspectos de nossa vida, entre eles está a qualidade de nosso sono e seus efeitos sob nós. Caso você tenha alguma dificuldade para dormir, a alimentação é uma das áreas a se rever, uma vez que existem alimentos que podem atrapalhar e cortar a sua vontade de dormir.

Alimentos que reduz o sono

Por esse efeito, esses alimentos são recomendados para quem almeja mais energia para realizar as atividades do dia-a-dia, e devem ser evitados por aqueles que sofrem de insônia. Conheça alguns desses alimentos estimulantes:

Alimentos que reduzem o sono


Café


O grande favorito nas horas que se precisa de mais energia, e uma das bebidas mais populares não só no Brasil, mas ao redor do mundo. Possui com o seu principal constituinte a cafeína, e uma vez que essa substância está em meio a corrente sanguínea, contacta certos receptores do cérebro, lugar em que se fica conservada a adenosina, indicadora do sono.

Portanto, a cafeína se adapta a esse ambiente, deixando o corpo mais atento e com uma falta percepção de bom condicionamento e energia. Além da atuação energética, essa bebida possui propriedades que podem manchar os dentes e procedimentos, como a prótese dentária, enfatizando a necessidade de seu consumo moderado.

Chocolate


O chocolate amargo e meio amargo apresentam teobromina em sua composição, componente que influencia nos batimentos cardíacos e limita o sono. O chocolate, quanto mais amargo, constitui ainda mais nessa substância. Para aqueles que precisam regular o sono e não conseguem cortar esse doce da dieta, a solução é consumir o chocolate branco, uma vez que não contém teobromina.

Temperos artificiais


Os temperos artificiais estão presentes em grande parte dos alimentos manufaturados, como no macarrão instantâneo, nas sopas em pós, nos chips e salgadinhos empacotados. Esses temperos desregulam o sono, uma vez que possuem grande quantidade de glutamato monossódico, que influencia a insônia e ainda prejudica a saúde. É bom evitar comer esses produtos na hora de deitar, preferindo também a ingestão de pratos saudáveis.

Pimenta


A pimenta e seus molhos derivados podem gerar um forte incômodo na região do estômago. Por isso, ingerir um alimento picante no período da noite, além de interferir no sono, pode causar a má digestão e a azia. Se a falta desse alimento for muita, tente consumi-lo apenas no período do dia, distante da hora em que costuma dormir.

Aveia


A aveia é um alimento rico em fibras, nutrientes e proteínas, e é através desses seus componentes que influencia na ausência do sono. Por esse motivo, procure consumir esse alimento somente durante o dia, mantendo a energia do corpo para a realizações das atividades, consumi-lo no período da noite não é recomendado.

Outros exemplos


Outros alimentos energéticos são: chá verde, o chá mate, chá preto, gengibre, guaraná em pó, bebidas energéticas.

Logo, agora que você possui conhecimento sobre os alimentos que são capazes de tirar, o sono, você agora pode regular a sua alimentação e melhorar a qualidade do sono. O consumo desses alimentos não deve ser cortado, mas sim consumido na hora certa, sem afetar negativamente o sono. É através dessa reeducação alimentar que a energia pode ser “renovada” apenas momentos certos.