Como negociar aluguel

Os preços em nosso país estão aumentando de forma desenfreada. Hoje, é possível verificar aumento de preços em gasolina, compras de mercado e muito mais. No que diz respeito ao valor dos aluguéis, essa também é uma realidade enfrentada na maior parte das cidades espalhadas pelo país. Nesse caso, saber como negociar aluguel é imprescindível para que você encontre um valor que seja adequado tanto para o seu bolso quanto para o bolso do locador que está disponibilizando o imóvel.

Para tanto, negociar o valor diretamente com o proprietário pode ser uma excelente alternativa. Logo, você deve estar preparado e saber como negociar aluguel. Se este for o seu caso e você estiver prestes a falar com o locatário, criamos um guia que pode ajudá-lo. No nosso guia, trouxemos algumas das principais dicas que você pode utilizar para aprender como negociar aluguel. Sendo assim, caso você tenha interesse em saber mais sobre o tema, aconselhamos que continue a leitura deste texto e aproveite todas as nossas dicas.

Como negociar aluguel

A realidade da maior parte dos brasileiros é morar de aluguel. Com o aumento de preços em praticamente todos os setores, essas pessoas estão ficando bastante preocupadas, principalmente aquelas que não dispõem de uma renda tão alta para pagar. Para se ter noção, em nosso país, as casas de aluguel são responsáveis por representar mais de 18% de todas as moradias disponíveis. Isso equivale a cerca de 13 milhões de imóveis, de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Se você faz parte deste número e mora de aluguel, sabe o que é necessário ficar atento a três questões de extrema importância na hora de obter um bom valor para o seu aluguel, são elas:

Conhecer o imóvel 

Você já deve ter pesquisado apartamentos e casas para alugar. Com isso, finalmente encontrou a melhor opção que atende a todas as suas necessidades e as necessidades de sua família. Nessa hora, o primeiro passo para obter um bom valor é saber quanto este imóvel vale. Para isso, basta fazer uma pesquisa em pelo menos 3 outros imóveis que possuam dimensões semelhantes ao que você escolheu, como é o caso do tamanho, número de quartos, garagem e cozinha. Ao fazer isso, você pode pesquisar o preço médio dessas casas e fazer uma comparação entre elas e a que você escolheu, verificando se aquele valor cobrado é correspondente ao imóvel e as suas dimensões.

Pague as contas em dias

Você é do tipo de pessoa que sempre paga em dias as suas contas? Você tem dívidas que podem afetar sua renda? Estas são as perguntas que você deve responder antes de descobrir como negociar aluguel. Em primeiro lugar, é preciso entender como sair do problema de inadimplência (caso você tenha dívidas). Depois de fazer isso, você pode encontrar um equilíbrio maior entre pagar suas contas e ter uma posição financeira forte. 

Além de lhe proporcionar segurança na hora de fechar o negócio, esse fator também pode ajudar o proprietário, e até mesmo a imobiliária, a criar uma imagem positiva de você. Com um bom histórico de pagador, fica mais fácil negociar o aluguel. Esses podem ser alguns dos argumentos que você pode usar para negociar o valor do aluguel. Muitos proprietários sofrem de inadimplência e inquilinos muitas vezes problemáticos. Se você tem um bom histórico, use-o para obter um melhor valor. Nesse ponto, o ideal é buscar uma solução mutuamente benéfica. 

Fale diretamente com o locatário

Uma das melhores dicas de como negociar aluguel é falar diretamente com o proprietário e ser honesto. Diga a ele da sua situação, entendendo também o lado do proprietário, que necessita do valor para ter um complemento na sua renda. Explique que o valor está fora do seu alcance e que você precisa de uma redução para continuar pagando sem atrasos ou inadimplência. Fazendo isso, é possível chegar a um meio termo que não prejudique os rendimentos do locatário, assim como o seu.

Conte com a ajuda da imobiliária 

Uma coisa que muitos inquilinos não sabem é que a imobiliária pode ser uma grande aliada na hora de aprender como negociar aluguel. Isso porque ela será de grande ajuda neste momento. Para tanto, você deve solicitar uma revisão especializada no valor daquele móvel e ao mesmo tempo buscar uma relação tranquila com o locatário, de modo que ele possa entender os motivos de pedir para reduzir o valor, assim como ter boa vontade na solução de qualquer tipo de problema, sem causar prejuízo a nenhum dos dois.

Realize melhorias no imóvel 

É comum que os imóveis necessitem de melhorias ao longo do tempo, com os reparos e a pintura. Nesse caso, você pode fazer esses serviços mais simples e ao mesmo tempo aproveitar para pedir um desconto no valor desse aluguel. Porém, você deve ficar atento aos detalhes que podem ser sugeridos ao locatário, de modo que seja possível ficar responsável pelos cuidados referentes a eles e deste modo obter uma redução no valor.

Pesquise outros imóveis 

Outro ponto que merece destaque para você que quer aprender como negociar aluguel e pesquisar as diversas opções disponíveis. Anteriormente, já citamos essa pesquisa na hora de avaliar o valor médio. No entanto, aqui, ela pode ser usada para convencer o proprietário do imóvel a reduzir o valor do aluguel. Isso porque, ao mostrar ao proprietário que existem outros imóveis com valor inferior e que sejam similares ao dele, isso pode fazer com que seja possível obter uma redução no valor cobrado. 

Seja um bom inquilino 

Por fim, a nossa última dica de como negociar aluguel é ser um bom inquilino. Ter uma boa relação com o proprietário, pagando corretamente a parcela do aluguel e mantendo o imóvel em boas condições pode fazer com que a tarefa de negociar o valor se torne muito mais simples, tendo em vista que o proprietário não quer perder o bom inquilino que ele possui. Logo, você pode utilizar isso ao seu favor para obter um reajuste de aluguel ideal para ambas as partes.

Como negociar aluguel