A história da Harley Davidson no Brasil

Nesse artigo você irá conhecer a história da Harley Davidson no Brasil, essa marca tão cobiçada por inúmeros motociclistas do mundo.

Com uma missão de proporcionar liberdade para os amantes de moto que sempre estão em busca de aventura, ela se tornou um símbolo de qualidade e estilo de vida.

Sendo assim, para que você possa compreender um pouco melhor como ela chegou no Brasil, é preciso voltar alguns anos, para entender o que a torna tão especial.

A seguir, vamos apresentar o início da marca, suas vendas para o exercito e sua importância para o mesmo, e a sua chegada aqui no Brasil.

Confira!

Início da Harley Davidson

Esse ícone norte-americano, com certeza também de tornou uma das mais tradicionais marcas de motocicletas do mundo.

Com três enormes fábricas nos Estados Unidos e proporcionando emprego a cerca de nove mil pessoas, ele tende a crescer a cada ano.

A Harley Davidson se iniciou no ano de 1903 em um tipo de galpão localizado atrás da casa dos irmãos Walter e Arthur Davidson, na cidade de Milwaukee, no estado de Wisconsin.

Com 20 anos de idade os irmãos se associaram a William Harley que na época tinha 21 anos, para construir de forma artesanal um modelo de moto para competições.

Foi nesse galpão que tinha uma faixada escrito Harley-Davidson Motor Company que se iniciou a produção das motos, sendo que a princípio foram produzidas três unidades.

Uma dessas três unidades inicialmente produzida foi vendida para o amigo de Arthur Davidson e William Harley, chamado Henry Meyer.

Os negócios da marca evoluíram a passos lentos, porém tudo começou a mudar quando uma Harley-Davidson foi vencedora de sua primeira competição em Chicago em 1905, alavancando assim as vendas da companhia.

No mesmo ano, os sócios contrataram o seu primeiro funcionário em tempo integral na sede da empresa em Milwaukee.

Com as vendas crescendo, em 1906 os fundadores da Harley-Davidson buscaram um armazém maior para instalar a empresa, proporcionando assim melhores condições de trabalho.

Além do primeiro funcionário, agora nessa nova sede, mais cinco trabalhadores foram contratados e ainda no mesmo ano, a marca desenvolver seu primeiro catálogo.

Em 1907 o irmão de Walter e Arthur, William Davidson passa a trabalhar na empresa, e ainda nesse ano, o número de funcionário da companhia duplicou.

Com seis anos de fundação, em 1909, a Harley-Davidson Motor Company apresenta o primeiro desenvolvimento tecnológico da sua marca, o motor V-Twin para motos.

Já em 1912 foi iniciada a construção na Juneau Avenue sua primeira fábrica definitiva, com uma área de moto peças direcionados a equipamentos para motocicletas e peças da marca.

Nesse mesmo ano a empresa começa a exportar suas primeiras unidades para fora dos Estado Unidos, conseguindo atingir o mercado do Japão.

Nesse período a marca consegui crescer significativamente no mercado do seu país de origem, ganhando visibilidade.

Vendas para o exército

A marca também ganhou bastante destaque no exército americano, vendendo cerca de 100 mil motos.

Entre os anos de 1917 e 1918, a companhia chegou a produzir e vender 17 mil motos para o exército do país durante a 1ª guerra mundial.

Já em 1920 a Harley-Davidson era a maior fabricante de motos do mundo com cerca de dois mil distribuidores em 67 países.

No ano de 1936, a companhia introduziu um modelo conhecido como Knucklehead, o EL, que era equipado com válvulas nas laterais.

Esse modelo foi um dos mais importantes da história da Harley-Davidson Motor Company.

No período da segunda guerra mundial, entre os anos de 1941 e 1945, a empresa também contribuiu fornecendo suas motos para o exército americano, assim como seus aliados.

Sua produção foi de cerca de 90 mil unidades, sendo que o modelo desenvolvido para guerra foi o XA 750.

Harley-Davidson e AMF

Em 1965 a Harley-Davidson iniciou uma nova faze da sua história com a abertura das ações na bolsa de valores, tendo assim o controle da família se encerrado.

A partir dessa decisão a companhia se uniu a AMF ( American Machine and Foundry) em 1969, uma empresa fabricante de produtos de lazer.

Nesse mesmo ano, a Harley-Davidson produziu anualmente cerca de 14 mil unidades e dois anos depois a produção foi ampliada.

Dessa forma, a sede em Milwaukee ficou exclusiva para a produção de motores e a linha de montagem foi para York, estado da Pensilvânia.

Em 1983, executivos da empresa compraram as ações que pertenciam a AMF.

Harley-Davidson no Brasil

Em 1998 a Harley-Davidson inaugura a sua primeira fábrica no Brasil, na cidade de Manaus, sendo sua única linha de montagem fora dos Estados Unidos.

A partir dessa data a empresa só vem crescendo e ganhando adeptos de todas as partes do país, sendo os modelos montados: Heritage Classic, Road King Classic, Softail Deuce, Fat Boy, Softail FX, entre outros.

A Harley-Davidson é uma marca que oferece um estilo de vida único para quem gosta de liberdade, não é atoa que está até hoje em alta.

A história da Harley Davidson no Brasil