O uso do caminhão munck substitui o do guindaste?

O manuseio de cargas pesadas exige o uso de máquinas de alta performance, que sejam capazes de içar e transportar esses materiais com segurança e tranquilidade. 

O caminhão munck, também conhecido como guindauto, é uma das máquinas mais utilizadas para esse tipo de operação.

Com carroceria de caminhão e braços hidráulicos, o veículo alcança alturas entre 10 e 30 metros, com suporte para cargas entre 4 e 25 toneladas.

O munck pode ser utilizado em diversos segmentos, como o da construção civil, logística, energia elétrica, entre outros, com excelente custo benefício e muita eficiência. 

É importante ressaltar que os caminhões munck e os guindastes não são a mesma coisa.

Enquanto o primeiro se caracteriza por sua forma mais compacta e possibilidade de trânsito em vias públicas, o segundo tem dimensões muito maiores e somente pode ser transportado desmontado até o local da operação. 

É comum que surja a dúvida sobre o uso de cada máquina e o questionamento se o munck substitui o guindaste, visto que algumas de suas características são muito semelhantes. 

Não existe resposta certa para isso, uma vez que tudo depende da necessidade do serviço e, como cada máquina tem propriedades distintas, seu uso também poderá ser diferente. 

Para entender quando utilizar uma ou outra, é preciso conhecê-las mais a fundo. A seguir, você encontra tudo o que precisa saber para escolher entre o uso de caminhões munck ou guindastes. Veja!

O que é um caminhão munck?

Popularizado na década de 1960, o caminhão Munck recebe esse nome em homenagem a seu criador, o norueguês Tore Albert Munck.

A princípio, o munck seria utilizado para facilitar o andamento das atividades do setor madeireiro da época. Com o tempo, o veículo foi modernizado para que pudesse servir em operações de outras áreas. 

Suas principais características são o chassi alongado de um caminhão comum com braços hidráulicos acoplados em sua carroceria.

Por essa construção híbrida, o munck pode tanto içar cargas e colocá-las sobre sua carroceria, quanto transportá-las, acessando lugares de difícil acesso e agilizando os processos nos quais está envolvido. 

Desse modo, o munck consegue também reduzir custos de operação, uma vez que, com ele, não é preciso alugar uma máquina para içamento e outra para transporte, já que ele dá conta das duas tarefas.

Existem mais de 10 tipos de caminhão munck disponíveis para locação no Brasil, cada um com uma capacidade de carga diferente.

Todos eles devem ser operados por profissionais capacitados e experientes para evitar acidentes com a carga, o local e as pessoas ao redor. 

O que é um guindaste?

A criação dos guindastes nos leva à Grécia antiga e, portanto, não é possível especificar quando a máquina foi utilizada pela primeira vez. 

Fato é que, com todos os avanços tecnológicos pelos quais a humanidade passou, os guindastes modernos se tornaram máquinas altamente tecnológicas, utilizadas em serviços que exigem segurança, precisão e trabalho com grandes pesos. 

Também é possível encontrar guindastes nas áreas da construção civil e de logística, especialmente em obras de grande porte e em trabalhos portuários, como içamento de containers. 

Existem modelos com capacidade para até 220 toneladas e há também a diferenciação sobre qual tipo de material são projetados para carregar, como por exemplo os de grua florestal, multiangulares, pórticos, etc. 

Bem como no caso do caminhão munck, é preciso contar com o auxílio de profissionais especializados e capacitados para operação, uma vez que trabalhar com cargas pesadas envolve riscos que precisam ser devidamente calculados e evitados. 

Quais cuidados são necessários para a operação?

Em primeiro lugar, é preciso escolher a máquina adequadamente. Considere, portanto, as dimensões operacionais, como espaço, altura que precisará ser alcançada, peso içado, entre outros.

Como dissemos, o caminhão munck pode substituir o guindaste, desde que utilizado de forma correta. Por isso, o ideal é contar com o auxílio de uma empresa confiável e de profissionais especializados para ajudar na escolha certa. 

Outra recomendação é fazer o aluguel das máquinas em vez de comprá-las. Isso porque o custo para aquisição de um caminhão munck, por exemplo, é bastante elevado e o uso costuma ser esporádico.

Além disso, é necessário sempre estar atento à manutenção do equipamento, que precisa estar em dia para garantir o bom funcionamento e evitar acidentes.

No caso das máquinas alugadas, a empresa proprietária é responsável por isso, uma preocupação – e gasto – a menos para o locatário. Por isso, certifique-se de que a empresa escolhida tenha compromisso com esse cuidado. 

E por fim, não dispense a presença de um profissional capacitado para guiar o munck ou o guindaste escolhido. Assim, você tem a garantia de que a carga, as pessoas envolvidas no projeto e o local estarão seguros e pode evitar riscos desnecessários.

O uso do caminhão munck substitui o do guindaste