Dicas de exercícios físicos para ganhar massa muscular

Não é novidade para ninguém que para ganhar massa muscular é imprescindível fazer com que a atividade física, essencialmente a musculação, esteja presente no seu dia a dia de modo regular, concorda?

Esses exercícios físicos devem ser feitos seguindo as orientações de um bom profissional de Educação Física e, além disso, é fundamental conciliar ao treino de musculação uma alimentação que esteja de acordo com os seus objetivos.

Quer saber mais sobre esse assunto? Então, continue a leitura deste artigo e fique por dentro de tudo sobre dicas para ganhar massa muscular.

6 dicas de exercícios físicos para ganhar massa muscular

Antes de darmos as dicas de exercícios para ganhar massa muscular, é válido ressaltar a importância, também, do descanso.

Dar um tempo para o músculo descansar é imprescindível para que ele possa crescer, levando em consideração que é durante os exercícios que há o rompimento das fibras musculares as quais enviam um sinal ao corpo, indicando a necessidade da recuperação.

É durante esse processo de recuperação que o ganho de massa muscular é possibilitado.

Dito isso, confira as principais dicas para potencializar o aumento da sua massa magra a seguir:

1- Não seja tabagista

Atualmente, muitas pessoas estão trocando os cigarros pelos vapes, como é o caso do Renova Zero.

Pois, os danos à saúde são menores, além de não ficar cheiro e gosto.

2- Faça os exercícios de forma lenta

Em primeiro lugar, você deve ter em mente que os exercícios de musculação exigem, de certo modo, que a execução do movimento seja mais lenta.

Essa movimentação lenta deve ser priorizada especialmente na fase de contração do músculo, haja vista ser nesse momento que maior quantidade de fibras estão sendo lesionadas, o que é bom para maximizar o potencial de ganho de massa muscular no período de recuperação muscular.

Outra vantagem da execução lenta é ajudar a pessoa a ter maior consciência corporal e evitar, dessa forma, compensações durante o exercício os quais podem acabar por tornar o exercício mais fácil.

3- Não pare o exercício assim que começar a sentir dor

Não é porque começou a doer, começou a dar aquela sensação de queimação que todo mundo conhece que você já deve parar de continuar executando o exercício.

É nesse momento, quando começa a queimação, que as fibras brancas do músculo começam a ser rompidas, levando à hipertrofia durante o período de recuperação.

Mas, lembre-se da importância de saber fazer a identificação da dor! Se for uma dor em articulações ou se for uma dor em outro músculo sem ser relacionado diretamente com o exercício, o ideal é parar ou diminuir a intensidade da prática do exercício, além disso procurar a ajuda de um profissional também é interessante para evitar qualquer chance de lesão.

4- Treine de 3 a 5 vezes por semana

Sem sombra de dúvidas, se você deseja ganhar massa muscular, é essencial que você treine de forma regular.

É recomendado que você treine entre 3 e 5 vezes por semana, sendo que o mesmo grupo muscular seja trabalhado de 1 a 2 vezes na semana, a fim de garantir o descanso muscular e a potencialização da hipertrofia.

Existem vários tipos de treinos, com diversos tipos de estratégias, que vão variar conforme as particularidades, os objetivos e as dificuldades de cada pessoa. O profissional pode, por exemplo, montar uma ficha de treino ABC para hipertrofia.

5- Tenha uma alimentação rica em proteínas

Muitas pessoas negligenciam essa parte extremamente importante para ganhar massa muscular: conciliar uma alimentação saudável e rica em proteínas.

Esse tipo de dieta é fundamental, haja vista ela ser responsável pela manutenção das fibras musculares.

Além disso, sua dieta deve ser planejada para que você consiga consumir a quantidade de proteínas, de carboidratos e de gorduras boas de modo a permitir que você esteja em superávit calórico (consumir mais calorias do que se gasta).

6- Troque de treino regularmente

Ficar mais de 4 ou 5 semanas com o mesmo treino pode atrapalhar no processo de hipertrofia, levando em conta que o músculo vai se adaptando àquele tipo de estímulo.

Dessa forma, após no máximo 5 semanas, você deve pedir orientação do seu instrutor para que ele faça uma avaliação do seu desempenho e, com base nisso, preparar um outro treino, o qual deve ser mais desafiador do que o anterior.

Conclusão

Agora que você está por dentro de tudo sobre como ganhar massa muscular está na hora de colocar todo esse aprendizado em prática.

Dicas de exercícios físicos para ganhar massa muscular