Como acabar com mau hálito? 7 métodos que nunca falham!

Você sabia que a halitose afeta cerca de 25% da população mundial? Neste exato momento, milhares de pessoas estão enfrentando o mesmo problema. Por isso, é muito importante falarmos sobre como acabar com o mau hálito.

Todos os dias, pacientes buscam por algum dentista em Ceilândia e região do DF para tratar essa condição. Afinal, o cheiro ruim incomoda e pode gerar constrangimentos. Mas será que existe cura para esse distúrbio do organismo?

A resposta é sim, mas depende! O mal hábito tem muitas causas e o primeiro passo é descobrir o que o está desencadeando. A boa notícia é que existem diversas maneiras de se livrar desse incômodo. Veja, a seguir, sete métodos testados e aprovados!   

1. Escove os dentes e use o fio dental com mais frequência

Um dos principais causadores de mau hálito é o acúmulo de placa bacteriana na boca. Além disso, pedaços de alimentos entre os dentes podem gerar mau cheiro

Para resolver essa situação é simples: aumente a frequência de escovação e use o fio dental, pelo menos, uma vez ao dia. Lembre-se de que a escovação é muito mais sobre técnica do que força, por isso nada de forçar a mão na hora da limpeza bucal.

2. Beba mais água para acabar com o mau hálito

Nossa boca é um ambiente propício para a propagação de bactérias. Algumas delas são benéficas e protegem nossos dentes das cáries, mas outras ajudam no acúmulo de tártaro e podem causar mau cheiro. 

Sabia que beber água é uma das maneiras mais eficientes de eliminar os microrganismos causadores do mau hálito? A ideia aqui é aumentar o consumo de água e fazer isso ao longo de todo o dia. É simples e muito eficaz!

3. Use um raspador de língua

Se você quer descobrir como acabar com mau hálito então precisa aprender a usar bem as ferramentas disponíveis no mercado. Uma delas é o raspador de língua!

Aquela camada que se forma em sua língua pode ser o ambiente ideal para que bactérias se proliferem. Então, você só precisa escová-la com delicadeza e, em seguida, usar o raspador para terminar a higienização.

Esses produtos são especialmente projetados para aplicar pressão uniforme em toda a superfície da língua. Com isso, é possível remover microrganismos, restos de alimentos e até células mortas.

4. Pare de fumar

Se você é fumante, já deve ter ouvido muitas vezes o quanto isso é prejudicial à sua saúde. Mas você sabia que esse hábito também pode ser o responsável pelo seu mau hálito?

Isso mesmo! Além de ser um fator de risco para o câncer de boca, laringe e pulmão, o ato de fumar pode gerar danos às suas gengivas, causar manchas nos dentes e desenvolver um mau hálito crônico.

Sendo assim, não há outro jeito de dizer isso, mas você precisa se esforçar para largar o fumo. Se tiver dificuldade para conseguir sozinho, marque uma consulta com um médico, peça a ajuda de familiares e seja persistente.

5. Consuma probióticos

Em muitos casos, o mau hálito pode estar relacionado a problemas de desequilíbrio da flora intestinal. Para reverter o problema, você pode recorrer aos alimentos ricos em probióticos, como o iogurte.

Quando uma pessoa tem deficiência de enzimas digestivas, os alimentos que consome não são processados corretamente. Essa situação evolui para o mau hálito, já que o odor do estômago será eliminado pela boca.

6. Enxágue a boca após as refeições 

Sempre que você se alimenta, é comum que pedaços de comida se alojem entre os dentes e na linha da gengiva. Se você não fizer a escovação imediata, eles ficarão ali por horas e poderão gerar mau hálito. 

Nós sabemos que nem sempre é possível escovar os dentes, principalmente quando se está fora de casa. Então, quando possível, faça um breve enxágue bucal. Água com sal pode ser muito eficiente, mas se não tiver disponível, use apenas água.

Isso evita que sua boca fique seca e ainda lava a boca, eliminando as bactérias do mau cheiro. Na prática, a água desencadeia a produção de saliva, o que é benéfico para sua saúde bucal.

7. Cuide de suas gengivas

Suas gengivas são partes delicadas da boca e são suscetíveis a infecções. É comum que os alimentos fiquem presos na região e não consigam ser extraídos com a escovação. Por isso, dê uma atenção especial a elas. 

O ideal é fazer uma higienização na linha da gengiva, com movimentos circulares. Jamais coloque força na escova de dentes ou faça movimentos horizontais, pois isso pode lesioná-la e até causar problemas mais sérios. 

Por último, lembre-se de passar o fio dental. Isso deve ser feito, no mínimo, uma vez ao dia — preferencialmente à noite, pois garantirá que você não durma com restos de alimentos presos nas gengivas. 

8. Vá ao dentista regularmente

A última dica é um clássico, mas muita gente ainda não leva a sério esse cuidado. Ir ao dentista regularmente e de forma preventiva é uma das maneiras mais eficazes de tratar e prevenir o mau hálito.

As consultas periódicas são essenciais para a identificação de cáries, gengivite e outros problemas bucais de forma precoce. Além disso, a limpeza profissional, realizada 2 vezes ao ano, ajuda a manter a boca livre de tártaros e bactérias.

Aprendeu como acabar com mau hálito?

Viu só como acabar com o mau hálito não é uma tarefa tão complexa assim? Se você sofre com esse problema, o primeiro passo é entender o que pode estar causando o mau cheiro. Feito isso, é hora de agir e buscar o tratamento adequado.

As dicas apresentadas ao longo do post são extremamente eficazes e podem ser aplicadas em qualquer situação. Cuidar da saúde bucal é um dever que todos nós devemos encarar com muita dedicação. Afinal, muito mais do que um sorriso bonito, isso representa saúde, bem-estar e qualidade de vida!

Como acabar com mau hálito