Mineração sustentável é possível?

Um dos conceitos que mais são discutidos atualmente é a mineração sustentável. Especialistas, empresas e pessoas interessadas no assunto refletem cada vez mais nas possibilidades para melhorar essa atividade e torná-la mais positiva para o meio ambiente. 

Isso porque a atividade minerária é causadora de alguns impactos ambientais e paisagísticos, sendo um dos pontos mais negativos dessa atividade em todo o mundo. Por outro lado, essa atividade é extremamente importante para a sociedade e economia, movimentando milhões todos os anos. 

No Brasil, por exemplo, a mineração contribui positivamente para o PIB, sendo um dos pilares da economia brasileira. 

Como tem dois lados tão importantes, com vantagens e desvantagens, é necessário que o mundo comece encontrar maneiras de fazer uma mineração mais responsável e minimizar os danos provocados na natureza – afinal, os recursos naturais são abundantes, mas não são inesgotáveis. 

O meio ambiente precisa de cuidados para que toda a sociedade consiga viver nos próximos anos com a mesma qualidade que atualmente.

A mineração pode causar alguns riscos para a natureza (como a remoção da vegetação em áreas de extração, a poluição de recursos hídricos e até mesmo acidentes, o que já ocorreu no Brasil).

Então, a pergunta inevitável para todos que tem contato com o tema é: a mineração sustentável é possível? Seria um sonho distante ou uma possível realidade para os próximos anos?

A seguir, confira tudo que precisa saber sobre esse conceito e tire as próprias conclusões. Compreenda as tendências deste segmento para o futuro!

Mineração sustentável: tudo que você precisa saber sobre este conceito

Antes de entender o conceito de mineração sustentável, é importante compreender o que é, de fato, a mineração. Esse processo se dá pela pesquisa, exploração e extração de minérios diretamente do solo. 

Existe a mineração de lítio, manganês, cobre, níquel, carvão, entre outros. Cada um desses minérios exige métodos de extração diferentes e todos são importantes para a sociedade.

Por meio deles temos acesso a computadores, carros, automóveis, bicicletas, celulares, baterias, pilhas, combustível, estradas, entre outros diversos itens fundamentais para a vida moderna. 

Basicamente, a mineração é uma das atividades mais importantes economicamente para o mundo. Um exemplo disso é que apenas no Brasil, esse trabalho é  responsável por cerca de 5% do PIB (Produto Interno Bruto) do país. 

Além disso, seu produto equivale a um quinto de tudo que é exportado (do Brasil para o mundo). Outro ponto importante é que o setor emprega 2,6 milhões de pessoas direta e indiretamente. 

Todos esses dados são do Ministério de Minas e Energia. 

As empresas desse segmento estão, principalmente, em cidades de pequeno e médio porte. A mineração contribui para o desenvolvimento delas, inclusive, no aumento da qualidade de vida dos moradores delas.

O que é o conceito de mineração sustentável?

Com todas essas informações em mente, fica evidente o que é mineração, assim como sua importância para o país. Porém, a maior parte das pessoas consideram que a mineração só impacta negativamente o meio ambiente.

Isso acontece há anos, prejudicando cada vez mais a natureza. Contudo, empresas desse segmento, especialistas e órgãos públicos estão em busca de tornar essa atividade menos prejudicial.

A intenção é que a mineração reduza cada vez mais os impactos negativos provocados ao meio ambiente para que a economia e sustentabilidade possam andar mais próximas. 

Para isso, o primeiro ponto necessário é aumentar a consciência ambiental das organizações da área. 

Algumas empresas do setor, inclusive, já estão adotando medidas baseadas no respeito ambiental. Dentre elas está o reaproveitamento de rejeitos para a fabricação de tijolos, confecção de asfalto e pavimentação de vias. 

Vale ressaltar que o uso consciente da água é um tópico importante sobre o tema.

Para evitar o desaguamento de rejeitos de forma prejudicial, as mineradoras precisam  adotar métodos de filtragem inteligentes.

Essas técnicas vão ajudar a potencializar a recuperação de água, e ainda existem estudos sobre empilhamento a seco para evitar o uso de água de forma excessiva e desnecessária. 

Outro ponto importante é que algumas organizações do ramo comecem a usar sistemas de energia limpa. Isto é, basear todo o funcionamento das minas e campos de extração em energia solar ou eólica.

Dessa forma, deixa-se de usar a energia que estamos acostumados, a qual gera imensas quantidades de poluentes todos os anos. 

Sendo assim, essa mudança é uma excelente alternativa para reduzir essa emissão e melhorar a qualidade do ar da região da mineradora.

Essas são algumas das principais medidas das minerações sustentáveis. Esse conceito ainda está se popularizando e ficamos na torcida de que essas medidas sejam implementadas o quanto antes.

Mineração sustentável é possível