Compra de imóveis, saiba como fechar um negócio sem correr riscos

A compra de um imóvel pode ser a realização de um sonho ou um investimento, mas seja qual for o objetivo, deve-se fazer de forma consciente e cautelosa.

Existe um grande volume de ofertas no mercado e por isso o consumidor precisa se preparar, pois a grande expectativa ligada a ansiedade, podem te atrapalhar diante da falta de experiência e de informação.

Confira abaixo algumas dicas que vão te ajudar a evitar riscos nesse tipo de negócio!

1. Desconfie de descontos elevados

A compra/ venda de um imóvel precisa ser justa para todos os lados envolvidos, seja o comprador, vendedor ou corretor. Da mesma forma que não se deve pedir descontos elevados e respeitar o valor pedido pelo imóvel, desconfie de descontos elevados.

Espera-se que durante a negociação, seja dado um desconto e isso já é previsível. Mas descontos elevados podem estar disfarçando alguma irregularidade e pode ser um artifício de te convencer que está fazendo um excelente negócio. Peça para um advogado conferir toda a documentação antes de fechar o contrato.

2. Verifique atentamente toda a documentação

Para não correr risco de cair em algum golpe, fique muito atento à documentação do imóvel. Entre no cartório 24 h e solicite a certidão da propriedade, para saber por exemplo, quem é o real proprietário.

É importante verificar a existências de dívidas tais como penhoras ou disputas judiciais em relação ao imóvel. Fique atento para as dívidas de IPTU ou condomínio.

3. Não se sinta pressionado

Da mesma forma que quando você entra em uma loja de roupas, você pode olhar sem ter qualquer obrigação em comprar, quem dirá quando se trata de um imóvel.

É uma compra que deve ser muito bem pensada e você precisa estar muito seguro do compromisso que está fechando. Não se sinta pressionado, tire todas as suas dúvidas e volte no imóvel se necessário. Se sentir mais confiante em levar algum profissional de sua confiança para avaliar as instalações, converse com o corretor.

Caso perceba que o vendedor/ corretor está apressado em vender, sem que você possa avaliar com clareza, talvez seja bom procurar outro imóvel.

4. Esteja preparado para todos os gastos

Lembre-se de calcular as taxas e despesas que acompanham toda a transação de compra e venda, principalmente o ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imobiliários) que flutua entre 2 a 3% com base no valor venal (estimativa feita pelo poder público) da moradia. Além disso, esse imposto pode variar de acordo com a alíquota do ITBI cobrada pelo município. Outros valores devem ser considerados como Escritura Pública e Registro do Imóvel.

Antes de realizar a compra, tenha conhecimento do valor do IPTU e do condomínio e se este não apresenta taxa extra ou se não está previsto acréscimo nos próximos meses.

5. Pesquise antes de fechar negócio

Antes de finalizar uma compra com uma construtora, imobiliária ou incorporadora, pesquise acerca da reputação da mesma.

Se o imóvel que pretende comprar ainda se encontra na planta, tente visitar algum já entregue. No caso de incorporadora, peça cópia do registro antes de assinar qualquer contrato.

6. Formalize o máximo possível

Depois de iniciada uma negociação e antes da etapa de assinatura de contratos, aproveite para formalizar o que foi combinado verbalmente.

Isso elimina discussões no futuro e qualquer dano sofrido pela má condução das negociações. A formalização oferece às partes a chance de corrigir algum erro ou esclarecer uma falta de compreensão, além de confirmar o teor da negociação verbal, evitando o “esquecimento” de algum detalhe no futuro.

Gostou das nossas dicas? Agora que já leu este artigo, não se esqueça de segui-las para fazer de suas transações imobiliárias muito mais seguras!

Compra de imóveis, saiba como fechar um negócio sem correr riscos