Primavera – Verão, época de tanajuras

As formigas são animais que quando invadem nossas casas causam muito desconforto e problemas. Quando elas tem tamanho avantajado, as coisas ficam ainda piores. Um bom exemplo disso são as formigas tanajuras, também conhecidas como saúvas.

Grandes e incômodas, estamos próximos das épocas em que mais aparecem em centros urbanos e precisamos estar atentos para nos proteger contra elas.

O que são Tanajuras/Saúvas?

As formigas saúvas ou Tanajuras são insetos pertencentes ao gênero Atta. São grandes e, por conta disso, podem ser um pouco assustadoras quando encontradas em grandes quantidades ou dentro de casa. As tanajuras estão presentes em todo o Brasil com diferentes tipos de espécies, como veremos em um tópico mais abaixo.

É comum encontrarmos também quem se alimenta desse inseto. Isso mesmo, as tanajuras são consideradas iguarias em alguns locais do país.

Essas formigas, além de serem grandes possuem grande quantidade de proteína. Mas para quem não quer fazer um prato com esses insetos, as formigas tanajuras nada mais são do que grandes incômodos para o ambiente.

Elas podem ter asas: como assim?

Poucos sabem, mas todas as espécies de formigas possuem indivíduos com asas. Não poderia ser diferente no caso das tanajuras. Para os insetos do gênero Atta, é o macho que possui asas e que voa até a formiga fêmea fértil, a rainha, que também possui asas para a procriação.

Portanto, ao ver uma tanajura com asas, você provavelmente estará vendo um indivíduo macho do gênero ou a própria rainha da colônia.

Para além de explicações biológicas, os machos das tanajuras costumam ser atraídos durante a época das chuvas. Ou seja, durante o verão e a primavera.

É ali que ambos os machos e as rainhas férteis fazem suas revoadas de acasalamento. É por isso que essa é a época de tanajuras.

Por que a primavera/verão é a época de tanajuras?

Como explicamos anteriormente, é nessa época que acontece a época de acasalamento entre as tanajuras. Os machos e fêmeas férteis revoam o ambiente para isso e fecundam enquanto estão no ar.

Após esse momento, as tanajuras macho perdem as asas e morrem, já as fêmeas que conseguiram acasalar, também perdem as asas e viram as tanajuras que mais conhecemos. Aquelas formigas grandes que andam por aí.

Depois disso, o trabalho das fêmeas férteis, futuras rainhas, é a de procurar um local seguro e começar a formar o seu novo ninho.

É por conta disso que vemos mais as tanajuras durante a época da primavera e verão. E é também por isso que elas invadem novos locais para formar novos formigueiros e depositar seus ovos.

Quais riscos as formigas tanajuras podem oferecer a seres humanos?

As formigas tanajuras podem parecer assustadoras. Principalmente pelo seu tamanho. Mas de forma alguma são venenosas. Apenas para quem for alérgico a picada de insetos. A picada da tanajura, porém, pode doer bastante mesmo para pessoas que não sofrem de alergias. Manter esses insetos longe de casa é a principal forma de se proteger e proteger crianças e animais contra essas formigas e suas picadas dolorosas.

Quais as espécies mais comuns aqui no Brasil? 

São 6 espécies mais comuns no Brasil:

  • Atta sexdens: São encontradas praticamente por todo o país.
  • Atta vollenweideri: Pertencem aos estados de RS e MS. Possuem um pequeno chapéu na cabeça que as protege da chuva.
  • Atta capiguara: Pertencem à região sudeste. É uma espécie de tanajura que possui pelos no corpo e também causa grandes estragos em gramas e plantações.
  • Atta cephalotes: Pertencem às regiões norte e nordeste. Atacam principalmente palmeiras;
  • Atta laevigata: São encontradas na maioria das regiões do Brasil.
  • Atta bisphaerica: São muito encontradas nos estados de SP, RJ, MG, ES e MT. Fazem grandes estragos em gramas e plantações;

Onde as tanajuras/saúvas se escondem?

Se primavera/verão é época de tanajuras, onde elas ficam o resto do ano? Os formigueiros das tanajuras podem ser encontrados principalmente em jardins, plantas ou até mesmo no subterrâneo de casas. Dependendo da espécie, o formigueiro pode apresentar diferentes configurações.

Como por exemplo as tanajuras Atta bisphaerica,  tem um ninho com aparência de um monte baixo e espalhado de terra solta e sua abertura acontece no mesmo nível desse monte de terra.

Já as tanajuras Atta sexdens possuem um formigueiro em montes de terra solta, com um nível baixo mas que ainda se assemelha a um pequeno vulcão.

Quem eu chamo para a dedetização de tanajuras/saúvas?

Percebeu algum formigueiro de tanajura no seu quintal ou em algum local perto da sua casa? Chame um dedetizador experiente no assunto. É importante contar com profissionais que saibam como cuidar desse tipo de praga para que ela seja exterminada de fato, e não apenas se desloque de um local para outro e se torne recorrente no ambiente.

Para não receber picadas das tanajuras, que podem doer bastante, ou para que esses insetos não invadam a sua casa, opte sempre por uma dedetização profissional e prática.

Chame a Ajax que resolvemos!

Pragas urbanas realmente não são agradáveis de se lidar. É por isso que agendar dedetizações regularmente é necessário. Ainda mais com a chegada da primavera, que é quando as infestações tendem a ocorrer com mais frequência.

Hoje entendemos não só a necessidade de um profissional para aplicar soluções rápidas para acabar com pragas, mas conhecemos alguns dos métodos mais utilizados e mais eficazes do mercado atual. Portanto, não deixe a situação fugir do controle. Entre em contato e agende uma visita para acabar de uma vez por todas com os cupins.

A Dedetizadora AJAX realiza serviços de manutenção, como dedetização, extermínio de pragas urbanas, desentupimento e reparos na rede hidráulica.

Você pode contratar nossos serviços para sua casa ou empresa a qualquer hora do dia. Pois, nosso atendimento é 24 horas por 7 dias na semana. Ademais, existem diversos canais de atendimento que podem ser utilizados pelos clientes, incluindo nosso telefone (11) 4114-6060; WhatsApp (clique no botão ao lado e fale com um de nossos consultores);redes sociais e via formulário de contato.

Primavera - Verão, época de tanajuras