Como evitar a procrastinação na volta aos escritórios!

Empresas retomam gradualmente rotina de trabalho presencial no segundo semestre de 2021

A procrastinação é uma das maiores inimigas no retorno presencial aos escritórios. Com a volta do trabalho presencial, os profissionais precisam se readaptar a rotina, depois de muito tempo no home office.

Com números mais animadores e cerca de 60% da população vacinada, muitas empresas vão retomando suas rotinas administrativas

Dentro do escritório, a procrastinação pode atrapalhar bastante a produtividade de uma empresa. E para ajudar a tornar o ambiente mais produtivo, fizemos uma lista com diversas dicas de hacks e técnicas simples que podem diminuir o nível de procrastinação no dia a dia de trabalho. 

O que é procrastinação? 

Antes de irmos para dicas precisamos entender o que é, de fato, procrastinação. É simples! Procrastinação é o ato de adiar a realização de alguma tarefa, ou seja, o tradicional “deixar para depois”. 

Basicamente, você procrastina quando tem uma tarefa simples de ser feita, mas você deixa para fazê-la depois porque ela é fácil ou não é tão importante no momento.

Assim, você acaba acumulando tarefas e tornando o trabalho menos produtivo no dia a dia, cumprindo as tarefas com atraso ou entregando em cima da hora. 

Para entender o porquê deste artigo, citamos um dado importante. De acordo com pesquisa da Fundação Estudar em parceria com a MindMiners, a procrastinação é o maior inimigo da produtividade para 52% dos entrevistados. 

Como parar de procrastinar? 

A procrastinação pode surgir por diversos motivos e virar um hábito recorrente no ambiente de trabalho. Então, para ajudar a diminuir e eliminar esse hábito no seu dia a dia de trabalho, confira as dicas abaixo:

Encontre as origens da procrastinação 

Antes de partir para a prática e começar a encarar o problema de frente é preciso entender como ele surgiu. Por isso, é fundamental refletir sobre as origens da procrastinação.

Dessa maneira, você pode identificar os gatilhos que te levam a deixar tarefas para o dia seguinte. 

Vale lembrar que a procrastinação pode acontecer por diversos motivos. Pode ser porque você acha a tarefa tão simples e rápida de ser feita que a deixa de lado.

Também pode acontecer porque você está entretido nas notificações do celular ou não está bem emocionalmente no dia. 

É importante entender o que te leva a procrastinar para conseguir combater o mal hábito. 

Dê o primeiro passo 

Não adianta querer deixar de ser um procrastinador do dia para a noite. Não é assim que se vence um mau hábito. A melhor estratégia é começar aos poucos.

O primeiro passo é definir uma meta baixa e ir escalando sua produtividade no dia a dia. 

Então, se em média você deixa 30% do seu trabalho diário para depois, por exemplo, busque baixar essa média para 20%.

Assim, você pode se esforçar para realizar uma ou duas tarefas que deixaria de lado habitualmente. Sabe aquelas tarefas tão simples que você não se importa tanto? Comece por elas. 

Com o tempo, você pode ir aumentando a sua meta, pouco a pouco, e depois de alguns meses notará que está muito mais produtivo do que antes. 

Defina prioridades 

Uma boa maneira de procrastinar menos no trabalho é definir prioridades. Todo dia ao chegar no trabalho, faça a lista de atividades diárias, classificando-as por nível de urgência. Assim, você encontrará as principais tarefas do dia. 

Ter todas as demandas na sua lista de tarefas é fundamental para não as deixar para depois. Essa é uma forma de estar sempre lembrando quais são as tarefas mais importantes e reforçar o compromisso de executá-las até o final do dia. 

Programe períodos de produtividade e pausas 

Ninguém consegue ficar concentrado num mesmo trabalho por muitas horas, isso é irreal e tentar fazer isso prejudica a produtividade, levando a procrastinação.

Então, a melhor maneira de gerenciar o tempo no dia a dia é programar períodos de produtividade intercalando-os com pausas para descanso. 

Existem diversas técnicas que podem ajudar a administrar melhor o tempo no trabalho. Uma das mais conhecidas é a Técnica Pomodoro, que consiste em intercalar períodos de 25 minutos de produtividades com pausas de 5 a 10 minutos durante o dia. 

Assim, é possível combater a procrastinação com eficiência. Já que seguindo a técnica, será possível se adaptar a ter períodos de produtividade e assim desenvolver tarefa após tarefa, sem dar espaço para a procrastinação diária. 

Elimine distrações 

Se você identificou as origens da sua procrastinação, você já sabe o que te distrai, então é importante eliminar esses gatilhos da sua rotina de trabalho.

Por isso, desligue notificações do celular, use um fone para se concentrar melhor num ambiente compartilhado, entre outras ações para facilitar o foco e a concentração nas tarefas que devem ser realizadas. 

Diminua os prazos de entrega 

Nossa última dica é diminuir os seus prazos de entrega. Assim, se você tem que realizar uma tarefa até a tarde de sexta-feira, por exemplo, tenha o compromisso de cumpri-la na quinta até o final do dia.

Diminuir os prazos para você é uma maneira de antecipar a realização de tarefas que poderiam ser deixadas para depois, diminuindo as chances de procrastinação. 

Voltar ao escritório depois de tanto tempo não é uma tarefa tão fácil. Se readaptar a uma rotina pode ser algo difícil e a procrastinação surge como um dos maiores empecilhos nesse retorno.

Por isso, siga nossas dicas, encare esse problema de frente e, com certeza, você será um profissional muito mais produtivo e feliz com o seu desempenho. 

Como evitar a procrastinação na volta aos escritórios