​Como consultar o IPVA RS

Hoje, falaremos sobre como obter informações junto ao Detran RS, sobre IPVA sobre o seu veículo. Visto que esse é um imposto que todos os condutores, invariavelmente, deverão pagar.

O Detran do Rio Grande do Sul, em verdade, ajuda muito nessas horas. Como você verá, a quantidade informações é bastante completa.

Por isso nos debruçaremos sobre a seção destinada ao IPVA, no Detran do Rio Grande do Sul. Além disso, mostraremos para que você paga esses impostos.

Além disso, falaremos, também, sobre a própria natureza do Detran. Fique conosco e boa leitura.

​O Que É o Detran?

Antes de falarmos do IPVA, através do Detran do Rio Grande do Sul, falaremos do próprio Detran. Isso para que todas as informações mostradas aqui estejam dentro de um contexto.

A sigla do Detran significa Departamento Estadual de Trânsito. Assim, conhecemos, também o seu escopo. Ou seja, dentro das Unidades Federativas do Brasil. Os estados e o Distrito Federal.

Dentro dessas regiões, o Detran se ocupa de gerir todos os aspectos referentes o transporte terrestre. Que responde pela maior parte dos transportes do país.

Dentre as suas atribuições, podemos incluir a fiscalização do trânsito, em todas as suas facetas. E, quando de uma infração, aplicar multas para aplacar parte dos danos causados pelos infratores.

Mas suas atribuições não se limitam a simples fiscalização. O Detran, antes disso, é responsável por viabilizar o transporte terrestre.

E isso se dá com a emissão de todos os documentos referentes a ele. Tanto os que são ligados, diretamente, ao condutor quanto aqueles que dizem respeitos aos próprios veículos.

No entanto, o Detran não está sozinho nesse trabalho. Por o Brasil ser um país de dimensões continentais, existem vários entes públicos que regem o transporte.

Em âmbito federal, existe o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito). E, também, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Esses zelam pela produção e cumprimento do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Agora, na esfera municipal temos a figura dos Ciretrans. As Circunscrições Regionais de Trânsito são mais presentes nas cidades de interior.

Lembrando que as responsabilidades desses entes são concorrentes. Ou seja, apesar de terem atribuições exclusivas, muitas solicitações podem ser atendidas em mais de um ente. Embora, sejam melhor acolhidas nos órgãos apropriados.

E, dentre as atribuições do Detran está a gestão do IPVA. Seja ele de qual tipo de veículo for.

​Para Que Serve o IPVA Que Eu Pago?

O IPVA é a sigla para Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores. Ou seja, ele é cobrado sobre todos os veículos que sejam motorizados. Exceto barcos e aviões.

O seu uso se destina, primariamente à construção e manutenção de estradas, rodovias, leitos carroçáveis em geral e outras obras de infraestrutura de transporte. No entanto, não existe vinculação obrigatória.

Isso quer dizer que o dinheiro do IPVA pode ser destinado a outras áreas. Assim como o montante de outras áreas pode ser destinado a essa manutenção e expansão que citamos.

A razão de ser do IPVA é deixar claro que, embora pareça, dirigir um veículo automotor não é um direito adquirido. É um privilégio que pode ser limitado ou revogado. Ou, então cobrado.

Essa confusão se dá pois confundimos o direito de ir e vir com o direito de comutar-se com um modal específico. Ou seja, você pode ir onde desejar. Mas isso não implica, necessariamente, ir da forma que desejar.

Veículos automotores causam um enorme impacto. Seja ele ambiental, estrutural ou mesmo espacial, visto o volume que ocupam. Sobretudo os particulares.

Sendo assim, o IPVA funciona como uma espécie de compensação, pelo impacto que esse veículos causam.

Um fato de que muitas pessoas acabam por se esquecer é de que as cidades são feitas para as pessoas. E não para os carros.

O transporte particular acaba por ser um paliativo para um transporte público aquém do ideal. E não uma opção em pé de igualdade.

Porém, essa não é uma alternativa inócua. Como o preço que veículos automotores cobram é alto, a compensação também deve ser.

Como toda tarifa, o IPVA, ainda carece de atualizações. Isso pois, a cada inovação, os desafios são modificados. No entanto, ele, ainda, se mostra bastante necessário.

​Detran RS IPVA

A área referente ao IPVA, no Detran do Rio Grande do Sul se mostra bastante sintética. Mas, nem por isso, deixa de ser completa.

De fato todas as informações que você desejar encontrar podem ser acessadas no endereço digital do órgão.

A primeira informação se mostra como uma das mais importantes. O calendário de vencimento dos impostos estaduais, de acordo com o final da placa do veículo em questão.

Se você quiser ou precisar, também, é possível consultar os calendários referentes aos anos anteriores. A lista vai até o ano de 2010.

A página também traz respostas para dúvidas frequentes dos condutores. Como, por exemplo:

​Como Imprimo e Pago o Boleto Referente ao IPVA?

Não existe guia de pagamento a ser impressa para o pagamento do seu IPVA. O condutor deve se dirigir a uma instituição bancária credenciada ao Detran, para fazer a quitação do imposto.

Para isso, basta informar a placa do veículo. Os bancos credenciados são Bradesco, Banrisul, Caixa Econômica Federal, Sicredi e Banco do Brasil. Esse último, permite a operação somente para correntistas.

Caso você queira fazer o pagamento de IPVA dos anos anteriores, deve-se dirigir ao Banrisul ou ao Sicredi. Nessas ocasiões, mais documentos podem ser exigidos.

​Quem Tem Direito Ao Desconto No IPVA?

Basicamente, quem pagar o IPVA do ano até o final do ano anterior. Por exemplo, pagando o IPVA referente ao ano de 2022, até o final de 2021, você ter um desconto de 3% sobre o valor total.

Além disso, participantes do programa Nota Fiscal Gaúcha, podem ter direito ao desconto de Bom Cidadão. Esse pode chegar a, até, 5%.

Por fim, proprietários e motoristas sem infrações nos últimos 3 anos, possuem o desconto de Bom Motorista. Esse alcança as marcas de, até 15%.

O IPVA é um imposto que existe em todo o país. Porém, felizmente, o Detran do RS tem facilitado muito para o condutor manter as suas contas em dia.

​Como consultar o IPVA RS