É possível ficar rico investindo?

Veja como utilizar os investimentos a seu favor de maneira racional e segura

É possível ficar rico investindo

Com o aumento do número de investidores no Brasil, também houve um crescimento no ramo do ponto de vista educacional. Hoje existem diversos conteúdos sobre educação financeira, inclusive nas escolas, mas sobretudo na internet. Surge então a grande dúvida, especialmente para investidores novatos: é possível ficar rico investindo?

De fato, muitos dos atuais milionários brasileiros ficaram ricos através do investimento e do mercado de capitais. Essas histórias, contudo, são permeadas de mitos e verdades sobre como enriquecer, o que pode ter consequências graves na sua vida financeira. Por isso, confira abaixo a resposta para a pergunta acima.

Criação de patrimônio com investimentos


O ato de investir é, antes de mais nada, um processo de construção do seu patrimônio. Investir é como começar a correr, pois requer um início bastante lento e com várias etapas. Essa construção depende de onde o investidor vai começar, quanto pretende investir e quais serão seus aportes.

Dessa forma, o mercado financeiro deve ser visto como o espaço no qual você iniciará a construção de seu patrimônio. Essa construção deve ocorrer com investimentos sólidos e seguros, independentemente do seu perfil de investidor. Ações, renda fixa, fundos imobiliários e Tesouro Direto são alguns exemplos.

A construção de patrimônio, porém, não fará você enriquecer de imediato. É claro que, para muitas pessoas, o sonho de atingir marcas como o primeiro milhão ou fazer fortuna na bolsa de valores é tentador. No entanto, essas marcas devem ser encaradas com seriedade e sempre por etapas.

Os desafios são muito bem-vindos e estimulam a evolução, inclusive de seus investimentos. Porém, a ânsia por ganhos rápidos infelizmente tem um lado negativo: a busca por dinheiro fácil.

Promessas de rendimento não é investimento


Com a pandemia de Covid-19, muitos brasileiros acabaram perdendo suas fontes de renda. Com isso, muitas pessoas desempregadas ou sem dinheiro acabaram tornando-se alvos das pirâmides financeiras, um golpe que se expandiu descontroladamente desde 2015.

De acordo com dados da Comissão Especial de Pirâmides Financeiras, instituída pelo Ministério da Justiça, os crimes de pirâmides cresceram de 47, em 2015, para quase 700, em 2020. Ou seja, houve um aumento de mais de 1.300% em apenas cinco anos.

Pirâmides financeiras são esquemas que geralmente se passam por oportunidades de negócio ou investimento, mas que oferecem lucro baseado no recrutamento de novos participantes. Ou seja, o lucro é proveniente não do investimento ou da venda de um produto ou serviço, mas sim da entrada de novos participantes no esquema, por meio da cobrança de taxa de adesão, por exemplo.

Esses esquemas normalmente oferecem rendimentos astronômicos, superiores a 10% ao mês. Como a taxa Selic está em 5,25% ao ano, a oportunidade é vista como uma forma de enriquecer rapidamente, o que atrai os mais incautos ou com menos conhecimento sobre finanças.

Infelizmente, o que geralmente ocorre neste caso é que o esquema dura pouco tempo. Com isso, quando os golpistas desaparecem, o investidor tende a perder grande parte ou todo o dinheiro que possui. Na busca por rendimentos rápidos, perde-se o pouco de dinheiro que tem.

Investir não é uma forma de enriquecer


Bem, então a resposta da pergunta no início deste texto é "não", certo? Sim e não. De fato não é possível enriquecer apenas investindo, mas é possível acumular um bom patrimônio que pode lhe ajudar no futuro.

Aliás, o próprio conceito de enriquecer deve ser analisado pelo investidor. Qual a razão pela qual você quer ser rico? E qual valor é necessário para que isso aconteça?

Por exemplo, se você quer ter uma renda passiva para lhe ajudar na aposentadoria, talvez não seja necessário atingir R$ 1 milhão. Um valor de R$ 500 mil aplicado a 0,5% ao mês gera uma renda passiva mensal de R$ 2,5 mil. Este valor, embora pareça pouco, já serviria de grande auxílio para a maioria dos brasileiros.

Da mesma forma que uma pessoa sedentária não vai correr uma maratona em um mês, alguém com R$ 1 mil na conta não ficará rico da noite para o dia. Para isso é preciso ter planejamento, estabelecer metas e investir de acordo com sua capacidade e objetivos.

Outro fato importante é que nenhum investimento possui rentabilidade garantida, nem mesmo a renda fixa. Por isso, é possível que o seu patrimônio sofra desvalorização ao longo do tempo. Isso representará um obstáculo que pode dificultar o caminho da riqueza.

Em suma, se você pensa em investir para tornar-se rico, a jornada certamente será tortuosa e, em muitos casos, até desestimulante. Mas se você estipular metas e acumular patrimônio aos poucos, esse dinheiro pode fazer uma grande diferença para seu eu do futuro.