Dicas para malhar em casa sem precisar de academia

Malhar em casa tornou-se algo bastante essencial durante a pandemia. Afinal, com as academias fechadas e o isolamento social, encontrar maneiras de se manter em forma sem sair de casa virou prioridade para a saúde.

Dicas para malhar em casa sem precisar de academia

Mas, se você não tem a menor ideia de como malhar em casa, veja algumas dicas de como manter a forma, ou ainda entrar em forma, com poucos equipamentos e dentro da sua própria casa. Confira!

Como malhar em casa durante a pandemia?


Para começar, é importante você não exagerar! Muitas pessoas já começaram a fazer muita atividade física em casa durante a pandemia, o que resultou em dores musculares e desânimo para continuar.

Então, nos primeiros dias, pegue leve e vá aos poucos, aumentando a intensidade.

Vamos a algumas dicas.

1. Tenha um local reservado para malhar em casa


Se você mora em uma casa ou apartamento pequeno, afaste os móveis para você não correr o risco de se machucar.

Afinal, nada pior do que decidir malhar em casa e ainda se machucar batendo em algum móvel.

Então, reserve um espaço para você conseguir fazer sua atividade física, sem riscos.

2. Junte um kit básico


Você não precisa de muita coisa para conseguir malhar em casa. Mas, alguns objetos ajudam a conseguir resultados melhores.

Deixe um colchonete no chão, se não tiver, um colchão ou um tapete mais grosso pode ajudar a você conseguir fazer os exercícios, deitado no solo, como abdominais, por exemplo.

Outros objetos interessantes são os pesos e tornozeleiras. Mas, se você não tiver, pode adaptar o que tiver em casa. Faixas podem ser bastante úteis para exercícios de alongamento, por exemplo.

No caso dos pesos, você pode usar um saco de arroz, ou então um vaso, para conseguir fazer os exercícios de agachamento. Só tome bastante cuidado com a coluna na hora de executar o movimento.

Lembre-se também de sempre deixar próximo a você uma toalha de rosto e uma garrafinha de água, para você se hidratar enquanto faz as atividades.

Se você tiver interesse, há sites nos quais você consegue comprar itens que vão te ajudar a malhar em casa. E há sites com produtos bastante em conta, com a possibilidade de você usar cupons. Um cupom Kabum, por exemplo, te dá um ótimo desconto!

3. Aplicativos e vídeos do Youtube


Para quem não tem a menor ideia de como começar a malhar em casa, uma boa estratégia pode ser usar aplicativos ou então seguir vídeos do Youtube.

Existem vários aplicativos para quem deseja malhar em casa, alguns gratuitos e outros pagos.

Já no Youtube, você encontra série de exercícios para os mais variados grupos musculares (abdomen, glúteos e pernas, por exemplo).

Assim, você pode ir testando e ver quais mais te agradam!

4. Tenha uma rotina de treinos


Coloque o treino como parte da sua rotina. Escolha os dias da semana que você pretende malhar. E siga o planejamento.

Lembre-se que nenhum exercício fará efeito se não for executado com regularidade. E que os resultados não surgem do dia para a noite. É necessário empenho e também regularidade!

5. Use roupas adequadas para treinar


Estando em casa, a vontade é ficar de pijama o dia todo, não é mesmo? Mas, para malhar em casa, você precisa estar com roupas adequadas para o treino.

Afinal, um tênis pode ser a diferença entre você ter uma lesão no joelho ou não ter. Por isso que os professores sempre recomendam o uso de tênis para quando você for fazer exercícios que envolvem saltos, por exemplo.

Já no caso das mulheres, o top é essencial para que os seios fiquem confortáveis e não doam durante a prática da atividade.

Portanto, capriche no look, para seu conforto e qualidade do exercício, mesmo estando em casa.

6. Faça aquecimento e alongamento


Sempre que você for malhar em casa, comece devagar, com um aquecimento. Isso, de fato, avisa seu organismo que sua musculatura será mais exigida.

Assim, você conseguirá uma performance melhor no momento em que for se exercitar.

Ao terminar a série, invista em um bom alongamento. Dessa forma, sua coluna agradecerá e você diminuirá bem as chances de ter dores após a prática do exercício.

7. Remova as distrações


Por último, tira as distrações de perto. Ou seja, o momento em que você decide malhar em casa é seu! É você investindo na sua saúde e também na sua qualidade de vida.

Portanto, deixe o celular no silencioso ou retire as notificações, caso você esteja acompanhando uma série de exercícios pelo celular.

Avise as crianças e o marido que aquele momento você se dedicará às atividades físicas, portanto, precisa da colaboração de todos para não ser interrompida.

Com isso, tendo esse tempo para você, executando os movimentos corretamente, apostando no aquecimento antes e no alongamento depois e não exagerando na dose, você vai perceber que malhar em casa é uma ótima alternativa para conseguir ganhar mais saúde durante a pandemia!