Dicas para você comprar as melhores roupas na Black Friday

Considerada uma das melhores datas comerciais para pegar boas promoções, a Black Friday é uma ótima oportunidade para renovar o guarda-roupa.

Black Friday

Hoje, a Black Friday é a segunda data comercial com o maior faturamento, ficando atrás apenas do Natal. A cada ano, essa data requer mais planejamento e estratégia, tanto das empresas como dos consumidores.

Não faltam opções de produtos com preços melhores nessa época do ano: equipamentos eletroeletrônicos, livros, eletrodomésticos, itens decorativos, roupas e calçados. Para quem está precisando renovar o guarda-roupa e se preparar para o verão, a Black Friday é uma ótima oportunidade. Confira algumas dicas para fazer as melhores compras na promoção.

Como escolher


Um dos receios mais comuns para quem vai comprar roupas pela internet é: “será que essa roupa vai servir?” ou “será que a minha impressão sobre a roupa está correta ou, na hora de recebê-la, eu vou me decepcionar?”.

Existem alguns tipos de vestimenta mais fáceis de comprar online, como roupas de malha, blusas, saias e acessórios (lenços, chapéus, brincos, pulseiras). Já outras, como blazers, calças sociais e sapatos, exigem mais cuidados.

Outra dica é comprar em sites que disponibilizam boas descrições e imagens de qualidade de seus produtos. Algumas lojas oferecem imagens do produto sendo vestido por alguém (normalmente um modelo), o que pode te ajudar a ter uma ideia mais aproximada de como é o caimento da roupa. Vale lembrar da importância de imaginar como a roupa ficaria no seu corpo: para isso, tire as medidas dos ombros, seios, cintura, quadril e coxas.

Ao comprar virtualmente e constatar que o produto não atende às expectativas, o consumidor tem até 7 dias (a partir da data de entrega) para devolvê-lo, sem custos adicionais. O mais comum é que o cliente possa escolher entre ter o dinheiro de volta ou trocar a peça.

Impulso


Assim como ocorre presencialmente, nas compras virtuais da Black Friday é preciso ter cuidado para não estourar o orçamento e comprar por impulso. São muitas as promoções tentadoras, o que exige um bom planejamento para não acabar levando produtos apenas porque estavam com um preço bom.

Ao invés de apostar nas últimas tendências, sempre se pergunte se aquela peça realmente combina com você e se será, de fato, usada. Em peças atemporais (como casacos, botas, tênis), vale investir um pouco mais porque essas roupas são super versáteis e duram mais tempo no guarda-roupa.

Cuidados


Por ser uma data bastante visada por consumidores, é preciso ter alguns cuidados básicos para não cair em fraudes. A primeira recomendação é verificar bem a segurança do site. Por exemplo: se o endereço começa com “https://” e um pequeno cadeado logo ao lado, é indício de que o site é criptografado, ou seja, garante mais segurança durante a navegação e na hora de inserir os seus dados bancários.

Antes de começar a procurar algumas roupas na Black Friday, é bom consultar o site do Procon, que organiza uma lista dos sites que são alvo de mais reclamações e, portanto, devem ser evitados. Outra plataforma importante para consultar é o Reclame Aqui.

Se o site em que você pensa comprar são mencionados nesses dois sites, busque outra loja, pois há grandes chances de você ter dor de cabeça. Também vale pesquisar o CNPJ da empresa para verificar se ela tem questões pendentes na justiça. Se o CNPJ estiver inativo ou cancelado, não compre.

Especialistas na Black Friday recomendam aos consumidores começar a pesquisar o produto desejado alguns meses antes da ocasião. Essa recomendação é importante para evitar as falsas promoções — quando a loja aumenta o preço dos produtos semanas antes da Black Friday e reduz nesta data, dando a falsa impressão de estar dando desconto.

Essa prática é considerada ilegal pelo Código de Defesa do Consumidor. Se você vir isso na Internet, notifique o Procon. Um bom jeito de verificar se a loja em questão está oferecendo falsa promoção é usar as plataformas de comparação de preços (como o Buscapé e o Google Shopping, que podem ser acessados tanto do computador como do celular).