6 hábitos simples para incluir na rotina e ter uma vida mais saudável

Reservar tempo para seus hobbies preferidos e se aventurar na cozinha são alguns exemplos.

6 hábitos simples para incluir na rotina e ter uma vida mais saudável

Cuidar da saúde é um processo que inclui hábitos diversos em diferentes aspectos da vida. Alimentação e exercício físico são pontos-chave para o bem-estar físico e mental e costumam ser rapidamente lembrados. No entanto, há outras atividades simples que podem ser incluídas em uma rotina saudável e prazerosa.

Manter uma rotina de cuidados com a pele usando produtos de beleza orgânicos, por exemplo, pode ajudar a aumentar a autoestima e desenvolver uma boa relação com o corpo. Reservar um período do dia ou da semana para praticar um hobby também permite o relaxamento e o progresso de novas habilidades. Confira outros hábitos que podem te ajudar a ter uma vida mais saudável.

Aprender a cozinhar


A alimentação é um dos primeiros tópicos lembrados quando o assunto é ter uma vida saudável. No entanto, mais do que apenas optar por alimentos ricos em nutrientes, é importante desenvolver uma relação positiva com a comida. Esse processo pode vir por meio do ato de cozinhar.

Ao conhecer os processos básicos da culinária, é possível aprender a cozinhar legumes e verduras conforme suas preferências, elaborar sobremesas saborosas e nutritivas e ainda conhecer as procedências de cada refeição ingerida.

Cozinhar torna mais fácil e agradável ter uma dieta balanceada, além de permitir a realização dos seus pratos favoritos e favorecer a socialização, já que você poderá preparar pratos especiais para familiares e amigos.
 

Praticar sua atividade física favorita


Correr, andar de bicicleta, dançar, praticar esportes: cada atividade física tem suas vantagens e benefícios ao corpo. Independentemente de qual o seu exercício preferido, é importante incluir um período de atividade física diário ou durante alguns dias da semana.

Além de serem ótimas para a saúde física, reduzindo os níveis de estresse e auxiliando na manutenção dos índices como glicose e colesterol, as atividades físicas são boas fontes de endorfina e serotonina, favorecendo a sensação de bem-estar. Um hábito para cuidar do corpo e da mente.

Reservar tempo para hobbies


De acordo com um estudo realizado pela University College London, escolher e praticar um passatempo regularmente pode ajudar a reduzir os riscos de depressão em até 30%. Além disso, aderir a um hobby é importante para quem já está em quadro depressivo, com aumento de mais de 200% nas chances de recuperação.

Os hobbies podem ser de qualquer natureza, como ler, cuidar de plantas, bordar, tocar algum instrumento, pintar, cozinhar, dançar, praticar algum esporte, cantar… a única exigência é ser uma atividade prazerosa.

Fazer uma rotina de skincare e cuidados pessoais


Cuidar da aparência também é uma maneira simples de manter uma vida saudável. Isso porque uma rotina de cuidados com a pele, os cabelos e as unhas, além de manter essas partes do corpo saudáveis e nutridas, ajuda a fortalecer a autoestima. Essa relação positiva com o corpo pode, ainda, trazer benefícios em diferentes esferas da vida, como aumento da libido e da segurança profissional.

Para criar uma rotina de skincare é fundamental conhecer as características da sua pele, como o nível de oleosidade, a propensão à perda de água, a presença de manchas ou acne, entre outras. Com esse conhecimento, o próximo passo é escolher produtos de qualidade, preferencialmente os naturais e orgânicos, que possuem maior biocompatibilidade com a pele humana.

Realizar consultas e exames de saúde


Ir ao médico, fazer check-ups e pedir exames periodicamente para conferir se seu corpo está saudável internamente podem parecer tarefas desgastantes. Mas, tornando-as um hábito, cria-se uma sensação de prazer ao confirmar o que está bem e descobrir como melhorar o que pode ser aprimorado.

Ginecologistas e urologistas, além de acompanharem o estado de saúde sexual e reprodutivo, costumam solicitar exames de rotina, como os níveis de colesterol, glicose e triglicérides. Procure fazer a consulta no profissional indicado ao seu sexo ao menos uma vez ao ano, já que os exames solicitados podem indicar problemas específicos em outros órgãos, como rins, fígado e pulmões.

Dentistas devem ser consultados entre seis meses e um ano, para garantir que a saúde bucal esteja em dia. Quem tem problemas leves em algumas partes do corpo deve visitar o profissional específico anualmente também. É o caso do oftalmologista para quem possui problemas de visão ou do otorrinolaringologista para quem apresenta condições como sinusite.

Organizar a rotina


Por fim, ter um planejamento mínimo para a rotina também pode te ajudar a desenvolver uma vida mais saudável, tanto física quanto emocionalmente.

Além de facilitar processos como a inclusão de atividades físicas e o agendamento de consultas e exames médicos, ter um norte sobre o seu dia, sua semana e até mesmo sobre o seu mês ajuda a reduzir os níveis de ansiedade e estresse.