Como incentivar seu gato a beber mais água

Confira algumas dicas para manter o seu bichinho hidratado.

Como incentivar seu gato a beber mais água

Apesar de serem animais com bons hábitos de higiene, os gatos são famosos por não gostarem de água. E esse “não gostar'' vai além do banho, já que esses felinos tendem a ingerir pouca quantidade do líquido ao longo do dia. O problema é que isso não é nem um pouco saudável e pode trazer prejuízos à saúde do animal, tais como desidratação, pedras nos rins e insuficiência renal.

Por isso, é preciso ter alguns cuidados extras, como oferecer água limpa e fresca, bem como adicionar, periodicamente, ração úmida às refeições do animal. Ou seja: algumas mudanças simples podem incentivar o seu felino a beber água com mais frequência, sem correr o risco de problemas futuros.

Porque o gato não bebe água?


Observando os hábitos do seu gatinho, você pode perceber que ele bebe água com muito menos frequência se comparado a um cachorro, por exemplo. Você pode estar se perguntando se esses felinos não sentem sede.

Na verdade, isso tem muito mais a ver com a sua descendência. Segundo pesquisadores, os ancestrais dos gatos domésticos provavelmente eram felinos que viviam em regiões desérticas e, por isso, seu organismo teve que se adaptar às restrições que lhe eram impostas, principalmente a falta de água.

A medida ideal diária depende do peso do bichano, sendo calculado em torno de 50 a 60 ml de água para cada quilograma. Um animal de quatro quilos, por exemplo, precisa beber de 200 a 240 ml ao longo de um dia.

Essa quantidade também pode variar de acordo com a alimentação do gato, já que as rações úmidas, por exemplo, trazem consigo uma dose extra de líquidos, ajudando a hidratação do pet de um modo mais saboroso. A seguir, você conhecerá algumas medidas que ajudarão o seu gato a ingerir mais água de modo agradável e intuitivo.

Invista em uma fonte


Os gatos adoram beber água corrente. Algo muito comum dentro de casa é ter esse animal rondando pias de cozinha ou banheiros. Mas esses ambientes não são adequados para a hidratação do pet. Por isso, o mais indicado é investir em uma fonte específica para animais. No mercado, existem diversos modelos que oferecem esse conforto extra para o seu bicho. Caso adquira uma, confira no manual a periodicidade da limpeza e da troca de água.

Espalhe tigelas pela casa


Por ser um animal meio preguiçoso, o gato pode deixar de beber água caso seu recipiente esteja um pouco distante de onde ele se encontra. A solução para isso é espalhar tigelas com água pela casa, de modo que o animal encontre os recipientes em seu caminho.

Lembre-se de que os gatos são animais bem sensíveis e detestam quando os seus bigodes encostam nas bordas dos recipientes. Dê preferência a potes e tigelas mais fundos e largos e também de diferentes texturas, como barro, cerâmica, inox ou vidro.

Troca de água e higienização


A água oferecida aos bichanos deve ser trocada diariamente e, de preferência, duas vezes. Isso porque o animal tem um comportamento pra lá de exigente. A limpeza dos recipientes também deve ser feita com frequência para evitar o acúmulo de sujeiras.

Acrescente ração úmida à alimentação


Como dito anteriormente, a ração úmida ajuda o gato a ficar mais hidratado através da alimentação. Essa pode ser uma ótima opção para acrescentar mais líquidos à sua dieta. Porém, verifique a quantidade de sódio contida nas porções, já que o excesso dessa substância pode fazer mal. Na dúvida, consulte um médico veterinário e veja as opções mais saudáveis para o seu bichinho.