Chefão da Disney é contra um lançamento híbrido de 'Viúva Negra'

À medida que 2021 avança e o lançamento da vacina COVID-19 continua no mundo todo, a grande questão em Hollywood é se teremos uma temporada de filmes de verão (segundo semestre para nós aqui do hemisfério sul) ou não.
 
Viúva Negra

Quando ficou claro que a distribuição da vacina demoraria mais do que o inicialmente previsto devido à incompetência da administração pública (leia-se governo Trump), alguns estúdios começaram a transferir seus filmes da primavera de 2021 para o outono ou mesmo para 2022.

Mas agora todos estão de olho em maio, que é tradicionalmente o início da temporada de filmes de verão - e especificamente Viúva Negra (Black Widow) da Marvel e F9 da Universal, ambos originalmente (e supostamente) programados para serem lançados na primavera de 2020 (primeiro semestre).

Alguns sugeriram que a Disney poderia criar uma estratégia de lançamento híbrido para Viúva Negra (Black Widow), nos cinemas, mas também no serviço de streaming do Disney +, seja gratuitamente ou como parte de seu programa "Premier Access", que cobra uma taxa dos assinantes.

Mas um relatório de uma fonte confiável observa que o presidente e diretor de criação da Marvel Studios, Kevin Feige se opõe a esse tipo de estratégia de lançamento - ele acredita firmemente que um lançamento exclusivo para o cinema de Viúva Negra (Black Widow) é o melhor curso de ação (e ele está certo).

Mas mesmo o todo-poderoso Feige ainda presta contas à Disney, a empresa que acabará por lançar Viúva Negra (Black Widow), e enquanto a controladora da Marvel Studios claramente tem uma tonelada de influência dentro da empresa, eles podem muito bem decidir que querem algum lucro agora ao invés de deixar para mais tarde, nos cinemas.

É claro que a grande questão quando se trata de distribuição nos cinemas é quando os cinemas vão reabrir. A Disney tem cerca de três a quatro semanas para decidir o que fazer com a Viúva Negra (Black Widow) - lançar exclusivamente nos cinemas em maio, lançá-lo nos cinemas e na Disney + em maio, ou atrasar seu lançamento para o segundo semestre.

A última opção teria outro efeito dominó na lista de filmes da Marvel, já que eles também estão programados para lançar Shang-Chi e os Dez Anéis em julho e Eternals em novembro, com a Sony a caminho de lançar o terceiro filme do Homem-Aranha em Dezembro.

O universo cinematográfico da Marvel - MCU - é uma linha do tempo de eventos cuidadosamente construída e, embora a única mudança na ordem de lançamento em 2020 tenha sido a estreia da série de TV WandaVision antes de O Falcão e o Soldado Invernal, a alteração mais uma vez em 2021 poderia causar um impasse com o 'sistema Spider' da Sony, uma vez que a Sony não necessariamente tem que concordar com o pedido da Disney, caso a Disney queira ou precise adiar seus filmes novamente.

Então o que pode acontecer? Como tem acontecido até agora, não sabemos exatamente. A razão de um lançamento híbrido de Viúva Negra (Black Widow) não ter sido anunciado ainda parcialmente se deve à crença de Feige de que um lançamento exclusivo nos cinemas ainda é melhor, o que parece sugerir que a própria 'Mouse House' (Casa do Mickey) pode estar inclinada para um lançamento híbrido.

Quanto a F9, a Universal está totalmente comprometida com um lançamento nos cinemas, o que significa que o filme pode ser adiado, mas ainda ser lançado este ano, ou ficar para 2022.

A Universal ganha muito dinheiro mundialmente com a franquia 'Velozes e Furiosos' e não há spinoffs ou sequências atualmente em produção para fazer malabarismos, então eles não têm pressa em lançar F9 no 'Peacock' às custas de perder lucros de bilheteria.

Muita coisa pode acontecer em três semanas e também teremos uma ideia muito mais clara do cronograma de implantação da vacinação no mundo todo.

O cinema é obviamente o cenário ideal aqui, mas o 'dinheiro fala' (the money talks), e a Disney deixou claro que o Disney + é sua prioridade número 1 nos próximos anos.

Portanto, não se surpreenda se a Disney anunciar repentinamente no mês que vem que o tão esperado spinoff de Scarlett Johnansson estará disponível na Disney + no mesmo dia em que estiver nos cinemas.