O que faz um engenheiro Geotécnico

Você por acaso já viu vagas de geotecnia em alguma faculdade e se perguntou o que isso significa? Já pensou como uma edificação é capaz de se sustentar em um solo?

Engenheiro Geotécnico
                                                              Fonte: Instituto Minere

Um engenheiro geotécnico, conhecido também como um profissional de geotecnia é responsável por utilizar métodos científicos e princípios de engenharia para resolução de problemas relacionados ao solo e seus materiais.

Atividades como sondagem de solo, visitas em campo, levantamento técnico para fundações, escavações, elaboração de contenções estruturais e estudo de solos e rochas são comuns no cotidiano da geotecnia.

Além disso tudo, um engenheiro geotécnico ainda pode realizar ensaios geotécnicos, como por exemplo sedimentação e resistência de rochas. Pode desenvolver também soluções para terrenos acidentados.

De acordo com o site de empregos Catho, a média salarial de um engenheiro geotécnico hoje equivale a aproximadamente R$ 7.500,00.

Dentre as ofertas de oportunidades para engenheiros geotécnicos, alguns dados educacionais dos profissionais disponíveis no mercado podem influenciar na hora de conseguir um emprego na área.

De acordo com os dados do site:

  • 67% dos engenheiros geotécnicos possuem mestrado;
  • 100% são graduados em engenharia civil;
  • 72% possuem inglês intermediário.
A geotecnia é a ciência que envolve a previsão do comportamento do solo e seus materiais.

Um engenheiro geotécnico é responsável por tornar uma área habitável e segura de acordo com as previsões obtidas, através de dados científicos.

Áreas de conhecimento de um engenheiro geotécnico


Áreas de conhecimento
                          Mecânica dos solos e seus comportamentos. Fonte: Wikimedia

A geotecnia é voltada para o solo e seus materiais. Mas nem por isso deixa de ser uma ciência multidisciplinar.

Um engenheiro geotécnico é qualificado para análise de solos por dominar áreas de conhecimento como:

  1. Mecânica dos solos e rochas;
  2. Proteção do meio ambiente através da prevenção de desastres e extração de poluentes do solo e da água;
  3. Aspectos de engenharia das áreas de geologia, geofísica, hidrologia e ciências semelhantes;
  4. Terraplenagem.

É importante salientar que a engenharia geotécnica não é a única qualificação para se tornar hábil em aplicar a geotecnia.

Profissionais de engenharia civil, ambiental e de minas, em conjunto com geólogos de engenharia também estão aptos a exercer profissão nessa área.

Aplicações geotécnicas


Alguns exemplos práticos de um profissional técnico da área de geotecnia podem determinar o sucesso ou a ruína de uma construção contra desastres naturais. Desses exemplos destacam-se:

  • Previsão;
  • Prevenção;
  • Mitigação.

Infográfico de gerenciamento de riscos
Infográfico de gerenciamento de riscos da defesa civil similar a atuação de um profissional de geotecnia


São exemplos de desastres naturais que um engenheiro geotécnico pode auxiliar:

  1. Fluxos de lama;
  2. Enchentes;
  3. Deslizamento de encostas;
  4. Sumidouros;
  5. Erupções vulcânicas.

Mais algumas áreas de atuação são evidentes como aplicação de solo, rocha e mecânica de água para estruturas de barro como barragens, previsão de design e desempenho de fundações de pontes, prédios e outras construções humanas.

Destacam-se também em lidar em como o meio natural se comportará com as mudanças pela mão do homem na realização de obras e na infraestrutura de construções já existentes.

O meio natural pode ser composto de solo, rocha ou ser misto, influenciando diretamente no sucesso da construção ou em futuros defeitos, se não levado a sério.

O engenheiro geotécnico na infraestrutura e pavimentos


A importância do profissional de geotecnia torna-se essencial por todas as obras de engenharia utilizarem o solo em várias etapas da construção, seja dentro ou sobre a terra.

É uma ótima área de especialização pela constante demanda de segurança no ramo da construção civil, afinal nenhuma empreiteira deseja ter seus projetos prejudicados.

Um profissional que se especializa nessa área adquire vantagens como:

  • Capacitação para organização de serviços qualificados como estudo de solo e diversos tipos de sondagem;
  • Compreensão do comportamento do solo e seus materiais antes, durante e depois da realização de uma obra;
  • Conseguir analisar a estabilidade de taludes;
  • Permitir o reforço e dimensionamento de pavimentos mais adequadamente;
  • Pavimentações.
E aí o que achou do texto? Conte aqui nos comentários, fale para nós o que achou do texto, fale sobre qual carreira você gostaria que falássemos nos próximos textos, o que acha de falarmos sobre escritório de contabilidade para empresa de arquitetura ? 

Não deixe de comentar aqui, amamos receber comentários relevantes nos nossos textos.