Pod e vape são a mesma coisa? Entenda as diferenças!

Quando o assunto são cigarros eletrônicos, costumamos ouvir os termos vape, vaporizador, pods, mods, e-cigs, entre outros diversos. Essa variedade de nomes confunde tanto os consumidores quanto os curiosos sobre o tema.

Muitas pessoas não entendem se vape e pod são a mesma coisa, quais as diferenças desses produtos, entre outras questões. Tudo isso se trata de cigarros eletrônicos?

Então, para sanar essa dúvida, vamos explicar detalhadamente o que é o que, quais as diferenças entre eles, particularidades e outras curiosidades sobre esses termos tão difíceis.

Explicaremos também o que são as essências, líquidos de cigarro eletrônico e juices – outros termos também muito utilizados no mundo dos vaporizadores. Portanto, se você tem dúvidas como essas, acompanhe este conteúdo. 

Vamos esclarecer todas essas questões da maneira mais simples possível para não restar nenhuma dúvida sobre o tema e você conseguir apenas comprar e aproveitar o seu cigarro eletrônico.

Pod e vape são a mesma coisa? Ambos são cigarros eletrônicos?

É comum que as pessoas tenham essas dúvidas, por ser um tema que está se popularizando no país e ter vários termos diferentes. Vamos por partes para sanar essas questões.

Cigarros eletrônicos são dispositivos vaporizadores que substituem o uso dos cigarros comuns. Eles podem ser chamados de vapes, e-cigarro, e-cig ou e-cigarette, entre outras possibilidades. 

Então, cigarro eletrônico e vape são a mesma coisa. No entanto, com a expansão deste mercado, surgiram diversos modelos desses produtos no mercado, dentre eles os pods.

Ou seja, os pods são apenas um tipo de vape disponíveis no mercado. Eles são menores, cabem facilmente em qualquer bolso, carteira e bolsas. São opções mais práticas e tão vantajosas quanto as maiores.

Os Pods, inclusive, foram projetados visando o público que já é fumante e tem prática com este hábito. Inicialmente, se tornaram uma opção mais saudável e mais econômica para as pessoas.

Além disso, ele elimina o risco de fumantes passivos, já que o vapor é inalado diretamente pelo usuário. Outro modelo de vapes disponíveis são os mods, você já ouviu falar deles?

Os mods são outro tipo de vaporizadores, os quais contam com alguns pequenos diferenciais. Como por exemplo, o seu maior teor de glicerina vegetal, o que por consequência, produz nuvens de fumaça maiores e mais densas, ótimas para os vídeos no Instagram com o vapor. 

O visual fica mais agradável. Além disso, eles precisam ser reabastecidos com frequência e não são muito recomendados para quem está tentando parar de fumar, entre outras características legais.

Então, resumindo: vape é outro nome para cigarro eletrônico. Existem dois principais tipos de vapes atualmente, os pods e os mods, os quais funcionam basicamente da mesma forma, porém contam com algumas particularidades.

O que é juice e essências de cigarros eletrônicos?

Os cigarros eletrônicos funcionam da seguinte maneira: eles colocam um líquido dentro dos dispositivos eletrônicos e, quando o usuário vai usá-los, automaticamente eles esquentam a substância.

Com isso, com o líquido esquentando, começa a sair um vapor do dispositivo. É esse vapor que tem gosto, aroma e proporciona uma sensação gostosa aos usuários. 

Sendo assim, esse líquido é essencial para os cigarros eletrônicos. O fato é que ele é chamado de diversos nomes no mercado, podendo confundir as pessoas. Mas no geral, é tudo a mesma coisa.

Juice, essência de vape, líquido, e-liquid, entre outros exemplos, se trata desse líquido que é aromatizado e saborizado dentro dos cigarros eletrônicos. Os usuários costumam comprá-los separadamente do equipamento e há os mais variados tipos.

Existem juices de frutas, como morango, melancia, abacaxi, entre outras. Além de chocolate, pepino, menta, ervas naturais e muito mais. Há opções, inclusive, com aroma de tabaco, embora não tenha tabaco de fato na composição.

Outro ponto importante a ser mencionado é que existem juices com nicotina na composição. Há opções com porcentagens maiores dessa substância na composição, outras com poucos miligramas.

Isso fica à escolha do usuário, o qual pode decidir usar o vape com nicotina ou não. O recomendado é sempre que não, já que essa substância, em qualquer proporção, pode causar dependência e outras questões de saúde mais severas.

Onde comprar vapes de qualidade?

Para que o usuário tenha uma boa experiência com os vapes, ele precisa garantir que está comprando de uma boa marca e de lojas confiáveis – sejam os vapes, juices ou acessórios.

Tudo precisa ser de alta qualidade para não apresentar riscos à saúde das pessoas, isso é muito importante ter em mente e não comprar apenas pelo menor preço.

Agora que tem todas essas informações em mãos e passou por esse guia sobre os cigarros eletrônicos, pode fazer sua compra segura, sem maiores dúvidas em mente.

Esperamos ter ajudado!

Pod e vape