06/02/2017 00h00 | Por: Natália Souza

Renan Filho confirma resgate de equipamentos turísticos do Estado

Em reunião com o Movimento Negro,governador assegura recuperação do acesso à Serra da Barriga para este ano

Texto de: Texto de Cadu Epifânio
Reuniao Com Movimento Negro (Foto: Márcio Ferreira)
Reuniao Com Movimento Negro
Márcio Ferreira

A construção do acesso à Serra da Barriga, no município de União dos Palmares, entrou no leque de obras prioritárias do Bicentenário de Alagoas. O governador Renan Filho confirmou, nesta segunda-feira (6), em encontro com lideranças do movimento negro, que o projeto já existe e está sendo tocado pela Secretaria de Estado do Transporte e Desenvolvimento Urbano. O encontro ocorreu no Palácio Museus Floriano Peixoto. 

A conversa entre o governador e as lideranças aconteceu para se alinhar às pautas e à ação do Governo de Alagoas durante as comemorações dos 200 anos de Emancipação Política de Alagoas.

Renan Filho defende uma discussão aprofundada sobre o resgate da tradição afro em diversos municípios alagoanos. 

“Queremos fazer um resgate das tradições e equipamentos turísticos em Maceió, Baixo São Francisco, regiões Norte e Zona da Mata. O que for de simbolismo sobre as raízes negras, quilombolas, ribeirinhas, temos que recuperar. Seja por meio de publicações especiais, divulgação especializada e focada na região quilombola ou promoção da gastronomia”, assegurou o governador. 

Renan Filho pontuou ainda que o Estado segue aberto para ouvir e conversar com os segmentos sociais para estreitar, cada vez mais, o que a sociedade quer e para onde o governo estadual deve direcionar seu foco. 

“Tiramos de encontros como este o que podemos, realmente, prestigiar e incluir nas políticas públicas. De todo modo espero verdadeiramente que as comemorações dos 200 anos represente a todos os alagoanos”, completou o governador.

Lideranças como Pai Célio, Zito Araújo, Zezito Araújo, Vanda Menezes, Arísia Barros e Valdice Gomes conversaram abertamente sobre ideias e propostas que podem evoluir em conjunto com os segmentos representativos.