13/12/2017 02h38 | Por: Natália Souza

Evento homenageia o poeta alagoano Lêdo Ivo

Poesias e show com a cantora Fernanda Guimarães marcam mais uma ação em comemoração aos 200 anos de Alagoas, no restaurante e bar Sou Jorge, na Jatiúca, a partir das 20h

Texto de: Maria Barreiros

O ano de 2017 está terminando, mas a programação para comemorar os 200 anos de emancipação de Alagoas continua. Nesta terça-feira (12), o Governo do Estado, em parceria com o Instituto Lumeeiro, realiza o projeto Papel no Varal, em homenagem ao poeta alagoano Lêdo Ivo, no bar e restaurante Sou Jorge, no bairro Jatiúca, em Maceió, a partir das 20h. 

De acordo com a integrante da Comissão Mista dos 200 anos, Solange Viegas, grupo organizador de todas as ações alusivas às comemorações do bicentenário, o Projeto Papel no Varal, do Instituto Lumeeiro, será apresentado pelo próprio criador: o poeta, professor universitário e engenheiro civil, Ricardo Cabús. 

“Essa noite do Papel no Varal vai acontecer em homenagem ao poeta alagoano, Lêdo Ivo. Ele que foi  um dos ilustres alagoanos, membro da Academia Brasileira de Letras, considerado um dos grandes poetas nacionais”, disse ela, lembrando que na ocasião, artistas e representantes da cultura local, como os atores Chico de Assis, José Márcio Passos e a jornalista Gal Monteiro entre outros, irão declamar sua poesias, além da participação musical da cantora alagoana, Fernanda Guimarães,” ressaltou ela. 

O que é o Papel no Varal 

O Papel no Varal é um sarau poético, no qual 100 poemas são pendurados em um varal de sisal para serem lidos – de preferência no palco – pelo público presente. O evento existe desde abril de 2009. Todos podem ler qualquer poema do varal, desde que não seja o próprio autor. Não é indicada a leitura de poema que não esteja pendurado no varal. O sarau é composto por dois blocos de leitura de poemas, intercalados pela participação de músicos convidados, que fazem também a abertura e o encerramento do evento.