Como as empresas podem contribuir para a saúde mental dos trabalhadores?

Confira algumas iniciativas que as empresas podem manter em relação aos funcionários para fornecer um ambiente de trabalho adequado e equilibrado.

Saúde mental dos trabalhadores

A questão da saúde mental ficou ainda mais em evidência desde o início da crise sanitária. A necessidade de trabalhar em casa promoveu mudanças grandes tanto para os gestores como para os funcionários, o que exigiu grande adaptabilidade de todos os integrantes da equipe.

Existem algumas iniciativas que as empresas podem adotar para fortalecer a saúde mental de seus funcionários, já que isso afeta diretamente o rendimento deles. Além de fornecer artigos de escritório e equipamentos, respeitar os horários de trabalho, manter uma comunicação clara e ter iniciativas de integração são algumas medidas eficazes para isso.

Fornecer bens materiais


Um dos temores mais comuns para os funcionários que começam a trabalhar remotamente é a preocupação com o ambiente de trabalho. Os escritórios fornecem uma estrutura de equipamentos e salas para garantir um ambiente adequado, no qual os funcionários podem trabalhar com concentração.

Por isso, o primeiro passo para que os funcionários consigam manter o expediente em suas casas é oferecer-lhes um bom ambiente para trabalhar. Alguns modos de fazer isso é fornecer equipamentos adequados (notebooks, celulares, fones de ouvido e quaisquer outros aparelhos necessários durante o expediente).

Além disso, é recomendado oferecer itens como uma boa mesa, uma cadeira ergométrica e uma boa luminária. Esses itens são importantes para criar um ambiente adequado e confortável para trabalhar. Por fim, não esqueça dos materiais de papelaria (canetas, agendas, pastas, murais, entre outros).

Respeitar horários


Um equilíbrio entre a rotina de trabalho e a vida pessoal é importante em qualquer empresa. Sem isso, os funcionários e as lideranças ficam física e mentalmente desgastados, o que acaba por prejudicar o rendimento da equipe.

Um erro bastante comum na transição do trabalho presencial para o remoto é a extensão do horário de trabalho para além do que era feito no escritório. Já que aplicativos e plataformas virtuais se tornaram o único meio de manter a comunicação entre os integrantes da equipe, alguns podem acabar desrespeitando o horário do expediente e fazendo demandas em horários e dias inadequados. Por isso, é importante que as empresas enfatizem a necessidade de respeitar os horários estabelecidos, para não desgastar cada funcionário ou causar atritos.

Também é indicado que elas recomendem aos funcionários avisar aos colegas com quem eles mais trabalham quando estiverem encerrando o expediente, a fim de reduzir as chances de haver desrespeitos de horário. Volume excessivo de trabalho é uma das razões que mais provocam danos à saúde mental dos trabalhadores, segundo a Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho (OSHA Europeia).

Clareza na comunicação


Uma comunicação eficiente é um dos pontos-chave para garantir uma boa fluidez do trabalho e uma integração da equipe. Quando não há clareza na comunicação e/ou as lideranças fazem exigências contraditórias, isso acaba por desgastar a saúde mental dos funcionários e tira a credibilidade das lideranças.

Por isso, é fundamental que a empresa defina uma política de comunicação clara e efetiva. Ela deve definir a quem o funcionário deve se reportar em caso de erros e imprevistos e estar aberta às sugestões dos funcionários.

Os colaboradores também devem conhecer os canais de comunicação da empresa, incluindo aqueles para acolher relatos de casos de assédio moral ou sexual (que correspondem a 66% das origens de estresse no ambiente de trabalho, segundo a OSHA Europeia).

Iniciativas de integração


A falta de integração com os colegas é outro fator que prejudica a saúde mental de um(a) funcionário(a). Por isso, é importante que a empresa crie canais e atividades que permitam essa integração.

Além do sentimento de pertencimento a um time, essa iniciativa permite que os funcionários compartilhem as experiências com colegas e, assim, aliviem a pressão e encontrem outros caminhos para solucionar problemas. Também é importante oferecer momentos de descontração e atividades de integração, como ginástica laboral (que fortalece as relações no trabalho e permite aos funcionários manter uma rotina sem sedentarismo).